Movimentos sociais reúnem cinco mil pessoas em SP contra gastos da Copa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/05/2014 19:18 / atualizado em 22/05/2014 19:29

Agência Brasil

NELSON ALMEIDA/AFP

Uma manifestação organizada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) contra os gastos para a realização da Copa do Mundo começou às 18h30 dessa quinta-feira. A passeata reuniu cerca de cinco mil pessoas, segundo a Polícia Militar.

A manifestação teve carros de som e  por cornetas tipicamente utilizadas por torcedores, durante os jogos de futebol do Mundial. Segundo o coordenador do MTST, Josué Rocha, o protesto critica a exclusão dos mais pobres do planejamento e na preparação do evento.

“A gente quer debater os gastos públicos da Copa. Ela foi feita principalmente para determinados setores da sociedade. O povo não foi ouvido. Para fazer uma Copa no Brasil, você deveria pensar antes nos direitos sociais”, disse.

Com o apoio de outras organizações, como o Movimento Passe Livre, o Comitê Popular da Copa e o movimento Se Não Tiver Direitos Não Vai Ter Copa, a manifestação teve início no Largo da Batata, na zona oeste, e deverá prosseguir até a Ponte Estaiada, na zona sul.

O protesto interditou totalmente um dos sentidos da Avenida Brigadeiro Faria Lima.
Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.