16°/ 31°
Belo Horizonte,
20/SET/2014
  • (2) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Corpo de Jair Rodrigues será enterrado nesta sexta-feira

Agência Brasil

Publicação: 09/05/2014 07:33 Atualização: 09/05/2014 09:31

Amigos e familiares durante o enterro de Jair Rodrigues em São Paulo (Caio Duran / AgNews)
Amigos e familiares durante o enterro de Jair Rodrigues em São Paulo

O enterro do cantor Jair Rodrigues, que morreu nessa quinta-feira aos 75 anos, em casa, na cidade de Cotia, na Grande São Paulo, será realizado no Cemitério Gethsemani, no Morumbi, zona sul da capital paulista, o às 11h desta sexta-feira. De acordo com informações divulgadas pela família, a causa da morte foi infarto do miocárdio.

A interpretação de Jair Rodrigues da música Disparada, de Geraldo Vandré e Théo de Barros, acompanhado do conjunto Quarteto Novo, no Festival de Música Popular Brasileira de 1966, é considerada um clássico. O cantor nasceu em Igarapava (SP) no dia 6 de fevereiro de 1939. Começou a carreira em 1957, em casas noturnas do interior de São Paulo. A partir de 1960, passou a cantar na capital paulista, participando de shows de calouros como o Programa de Cláudio de Luna (Rádio Cultura), no qual obteve a primeira colocação.

O músico gravou seu primeiro disco em 1962, com duas músicas para a Copa do Mundo: Brasil Sensacional e Marechal da Vitória. Lançou, em seguida, um compacto simples contendo as canções Balada do Homem sem Deus e Coincidência.

Em 2006, Jair Rodrigues foi o artista homenageado no 4º Prêmio Tim de Música, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Recebeu, também em 2006, indicação ao Prêmio Grammy Latino, na categoria Álbum de Samba Brasileiro com o álbum Alma Negra. Ele é pai dos cantores e compositores Jair Oliveira e Luciana Mello.
Tags:

Esta matéria tem: (2) comentários

Autor: Marco Pereira
O que está acontecendo é o seguinte: os excelentes artistas e cantores deste país estão nos deixando e não está surgindo outros que possam cobrir a falta que os grandes, ótimos artistas nos fez adora-los... | Denuncie |

Autor: Marcos Henrique
Mais um MÚSICO, VERDADEIRO ARTISTA talentoso que se vai. Tudo passa e surge a renovação, natural, mas o que chega a incomodar é justamente a ausência de tais ingredientes como talento, criatividade, sensibilidade, responsabilidade e competência que sobravam neste artista. Vai com DEUS... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.