19°/ 25°
Belo Horizonte,
24/NOV/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Ação flagra caminhões com placas irregulares em São Paulo

Agência Estado

Publicação: 07/05/2014 17:01 Atualização: 07/05/2014 17:25

A Polícia Militar e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) começaram nesta quarta-feira, 7, uma megaoperação contra caminhões com placas cobertas e adulteradas que circulam na Marginal do Tietê no período de restrição durante a manhã, das 5h às 9h. As blitze já eram realizadas à tarde desde janeiro, mas os agentes perceberam uma tendência dos veículos também burlarem a lei antes do meio-dia.

Nesta quarta, foram verificadas 107 infrações pela CET, entre elas, 16 caminhões parados pela PM ao serem flagrados com as placas encobertas. Onze desse veículos foram recolhidos e cinco liberados porque tinham carga perecível. Desde o início das operações, em janeiro, 279 caminhões foram flagrados com as placas de identificação encobertas. Desses veículos, 201 foram apreendidos ao pátio do Detran. As blitze alcançaram um total de 2.188 autos de infração. As operações na manhã, que já tiveram uma fase de teste, agora serão repetidas semanalmente, em pontos estratégicos, nos acessos das rodovias à Marginal do Tietê. A intenção é ter também blitze específicas na Marginal do Pinheiros.

"Os veículos tentam passar com as placas encobertas bem cedo, entre 5h e 6h, logo no início da restrição. É mais difícil de fiscalizar. A marginal está em alta velocidade. Isso acaba depois que o trânsito começam a ficar carregado", diz o capitão do Comando de Policiamento de Trânsito da Capital, Marcos Rogério da Cunha. "No período da tarde, eles começam a rodar logo nas últimas horas, quando a Marginal começa esvaziar e eles podem trafegar livremente com mais velocidade."

A restrição à circulação de caminhões na cidade São Paulo ocorre em dias úteis, das 5h às 9h e das 17h às 22h, e aos sábados, das 10h às 14h. Encobrir ou adulterar placas resulta em perda de sete pontos na carteira de habilitação e multa de R$ 191,54. Furar os horários de restrição é uma infração média, que resulta em menos quatro pontos na carteira e multa de R$ 85,13.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.