18°/ 27°
Belo Horizonte,
22/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Justiça adia decisão sobre reintegração em Itaquera

Agência Estado

Publicação: 07/05/2014 12:37 Atualização:

São Paulo, 07 - A Justiça autorizou nesta terça-feira, 6, a intervenção do Ministério Público sobre um pedido de reintegração de posse na ocupação "Copa do Povo", de cerca de 2.500 barracos, iniciada no sábado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, no Parque do Carmo, zona leste de São Paulo, a cerca de 4 quilômetros da Arena Corinthians. Com a medida, a Justiça adiou a decisão sobre o pedido da empresa proprietária do terreno para que a área fosse desocupada com apoio de força policial, com urgência.

Na segunda-feira, 5, a dona do terreno, controlada pela Viver S.A, pediu a remoção das famílias no imóvel. Como a área é particular, o parecer no Ministério Público não é obrigatório, mas o juiz entendeu que deveria haver a participação do órgão por causa do interesse público na ação.

Só depois da manifestação da Promotoria, o juiz Celso Maziteli Neto, da 3ª Vara Cível do Fórum Regional de Itaquera dará uma posição sobre uma eventual liminar (decisão antecipada) para retirar os sem-teto. A ação é dirigida contra o "Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST)" ou "Movimento Copa do Povo". "Não há duvidas que a área foi 'escolhida' em razão da proximidade com o estádio de abertura da Copa do Mundo e para servir de palco político para as demandas dos movimentos que passaram a apoiá-las", sustenta a empresa, no pedido de reintegração de posse.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.