Recomeça audiência de instrução de acusados de matar cinegrafista

São ao todo 17 pessoas a serem ouvidas, entre as testemunhas de acusação e defesa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 05/05/2014 17:31 / atualizado em 05/05/2014 18:40

Agência Estado

Fernando Frazão/Agência Brasi
A audiência de instrução dos acusados de matar o cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes, recomeçou nesta segunda-feira, 05, no Rio de Janeiro, no 3ª Tribunal do Júri da capital. O juiz Murilo Kieleling já ouviu duas testemunhas de acusação: o tenente-coronel do 5º Batalhão da Polícia Militar, Luiz Henrique Marinho Pires, e o comissário da Polícia Civil e técnico em explosivos, Eduardo Fasulo Cataldo.

O TJ não informou quantas testemunhas vão prestar depoimento nesta segunda e não há previsão para o término da audiência. Ao todo, 17 pessoas foram convocadas para depor durante esta etapa, que teve início no dia 25 de abril.

Fábio Raposo Barbosa e Caio Silva de Souza são acusados de atirar o rojão que matou Santiago, durante protesto contra a Copa do Mundo e o aumento das passagens de ônibus, no dia 6 de fevereiro, no centro do Rio. Eles respondem pelos crimes de explosão e homicídio triplamente qualificado (por motivo torpe, sem chance de defesa e uso de artefato explosivo). Hospitalizado após o acidente, Santiago morreu em 10 de fevereiro.
Tags: