16°/ 31°
Belo Horizonte,
20/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Haddad avalia construção de moradias em área ocupada

Agência Estado

Publicação: 05/05/2014 14:01 Atualização:

São Paulo, 05 - O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou na manhã desta segunda-feira, 05, durante uma visita aos haitianos no Glicério, na região central, que "é possível" transferir a área invadida pelo Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, na sábado, 03, no Parque do Carmo, na zona leste, para a Prefeitura de São Paulo construir habitação popular. "Eu pedi para apurar a situação fiscal, quem é o proprietário, se deve para a Prefeitura, se a área é passível para a construção de moradia", disse Haddad.

A invasão aconteceu na madrugada de sábado com mil famílias ocupando um terreno particular de 150.000 metros quadrados, localizado a cerca de 4 km do palco de abertura da Copa do Mundo, a Arena Corinthians, em Itaquera. No domingo, outras famílias se juntaram à ocupação e o número de barracas subiu para 2.500. Parte da ocupação é formada por sem-teto de áreas invadidas como a Nova Palestina e Faixa de Gaza. Guilherme Boulos, líder do MTST, é quem coordenada a ocupação que foi batizada de "Copa do Povo". O objetivo do movimento é fazer com que os vereadores incluam o terreno como Zona Especial de Interesse Social (Zeis), na segunda votação do Plano Diretor.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.