17°/ 31°
Belo Horizonte,
01/NOV/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Presos no Rio dois suspeitos de ataques a UPPs As prisões de Bruno Eduardo da Silva Procópio, conhecido como Piná, e Eduardo Luiz Paixão, o Duda 2D, foram feitas em ação conjunta entre as polícias Civil e Federal

Agência Estado

Publicação: 21/04/2014 15:49 Atualização: 21/04/2014 15:58

Em operação conjunta, a Polícia Federal, a Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (Ssinte) e a Polícia Civil prenderam nesta segunda-feira, no balneário de Búzios, na Região dos Lagos, o traficante Bruno Eduardo da Silva Procópio, conhecido como Piná. Chefe do tráfico na Vila Cruzeiro, no Complexo do Alemão, Piná é, segundo a polícia, um dos principais suspeitos de articular os recentes ataques às Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do complexo de favelas da zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo informações da Secretaria de Segurança, Piná será apresentado ainda na tarde desta segunda-feira na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, também na zona norte. O Disque-Denúncia vinha oferecendo, desde o ano passado, recompensa de R$ 5 mil a quem desse qualquer informação que o levasse à prisão. Na operação conjunta, as polícias Federal e Civil prenderam ainda o traficante Eduardo Luiz Paixão, o Duda 2D, e um traficante cujo nome a polícia ainda não divulgou.

O anuncio da prisão do traficante ocorre no mesmo dia em que se intensifica o confronto entre soldados da Força de Pacificação e os traficantes de outro complexo de favelas da zona norte da cidade: o Complexo da Maré.

Pelo menos quatro confronto foram registrados nas últimas 24 horas no complexo de favelas ocupado desde o final do mês passado por militares do Exército que integram a Força de Pacificação. Por volta das 5h homem em motocicleta, usando criança como escudo, atirou contra os militares. Instantes depois houve troca de tiros com criminosos, também na Vila dos Pinheiros. Não houve feridos e nenhum traficante foi preso.

No início da noite de domingo também houve troca de tiros entre traficantes e militares integrantes da Força de Pacificação. Homem contra o qual havia um mandato de prisão foi preso ainda na Vila Pinheiro acusado de associação com o tráfico de drogas.

No início da madrugada de ontem, também no Complexo da Maré, um homem foi preso na favela Parque União, com uma granada de bocal na bolsa. O artefato, que é lançado por fuzil, estava com dois coldres e três carregadores de pistola, além de um debulhador de drogas.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.