Com greve da PM, Salvador tem madrugada de saques

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 16/04/2014 11:19

Agência Estado

São Paulo, 16 - Os policiais militares da Bahia que estão em greve desde a noite desta terça, 15, preparam uma contraproposta para apresentar ao comando da Polícia Militar (PM) nesta quarta-feira, 16. De acordo com o vice-presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (ASPRA), Fabio Brito, uma reunião da categoria com representantes do governo está marcada para as 16h.

Por causa da ameaça de greve, já durante a tarde, escritórios comerciais e até repartições públicas liberaram os trabalhadores para que voltassem para casa mais cedo. Faculdades cancelaram as aulas do turno da noite.

Na madrugada de ontem, lojas e supermercados foram arrombados e saqueados. Os mercados Cesta do Povo do Vale, localizado no bairro do Ogunjá, e Casas Freire, no bairro de São Marcos, foram invadidos e tiveram produtos e até carrinhos de compras furtados.

A greve também afetou a circulação de ônibus em Salvador. O Sindicato dos Rodoviários, preocupado com a integridade dos trabalhadores e dos usuários de ônibus, orientou a categoria a recolher os ônibus, retornando às atividades normais na manhã de hoje.

Segundo a categoria, entre 70 e 80% dos policiais militares aderiram a paralisação.