Polícia prende acusada de matar grávida no Rio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 09/04/2014 10:19

Agência Estado

Rio de Janeiro, 09 - Flávia da Silva Ramos, de 33 anos, foi presa nessa terça-feira, 8, acusada de homicídio duplamente qualificado pela morte da auxiliar administrativa Suellen de Souza Teles, de 26 anos, que estava grávida de seis meses do primeiro filho. O crime aconteceu na manhã de segunda-feira, 7, no bairro Trindade, em São Gonçalo, na Região Metropolitana.

A prisão temporária de Flávia foi pedida pela Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). Ela foi detida logo após prestar depoimento na delegacia e é apontada como amante do marido de Suellen, Rodrigo Folly Cuzzuol, e ameaçava a grávida de morte.

O caso

Suellen foi encontrada morta pela sogra dentro da própria casa. Ela tinha um corte na garganta e um fio de computador enrolado no pescoço. A casa estava completamente revirada. Parentes ainda tentaram salvar o bebê, mas ele não resistiu.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.