Residência médica em Sorocaba começa com 112 alunos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 08/04/2014 14:19

Agência Estado

Sorocaba, 08 - Um programa de residência médica municipal teve início nesta terça-feira, 08, em Sorocaba (SP), com reuniões para apresentação do projeto pedagógico e visitas aos locais de trabalho. Num cenário de escassez de médicos dispostos a atuar na rede básica de saúde, o programa de Sorocaba começa concorrido: 112 residentes foram aprovados em três processos seletivos e participaram da aula inaugural dada na segunda-feira, 07. Os profissionais iniciam agora uma fase de preparação para acompanhar o atendimento de pacientes na rede básica de saúde.

A expectativa do secretário municipal de Saúde, Armando Raggio, é de que o programa contribua para a formação de profissionais dispostos a atuar no sistema público de saúde. A atuação dos residentes ocorrerá prioritariamente na rede de atenção básica do município, onde há maior dificuldade para a fixação de médicos. "O grande problema da rede de saúde em todo o País é recuperar a boa prática em termos da qualidade no atendimento e na proporção de profissionais para atender a população no bairro, perto de casa", disse.

Com o apoio dos ministérios da Saúde e da Educação, Sorocaba passa a contar com cinco programas de residência nas áreas de psiquiatria, medicina de família e comunidade, residência multiprofissional em saúde e urgência e emergência. Saúde da família, com 56 residentes, e urgência e emergência, com 21, foram os programas mais disputados.

O suporte acadêmico será dado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) e a Universidade de Sorocaba (Uniso), através de convênio com o município. Os programas de residência equivalem à pós-graduação latu sensu, sob a forma de curso de especialização, caracterizado por ensino em serviço presencial, com carga horária de 60 horas semanais, em tempo integral e duração de dois anos.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.