10°/ 20°
Belo Horizonte,
31/JUL/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Justiça ouve últimas testemunhas do caso Amarildo Já foram ouvidos amigos, conhecidos e policiais envolvidos no desaparecimento do pedreiro

Agência Brasil

Publicação: 02/04/2014 17:02 Atualização: 02/04/2014 17:15

 (Arquivo Agencia Brasil)
A juíza Daniella Alvarez, da 35ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), ouve nesta quarta-feira (2) o depoimento das últimas testemunhas de defesa no processo que apura o desaparecimento do auxiliar de pedreiro Amarildo de Souza, no dia 14 de julho do ano passado.

Na última quarta-feira (26), foram ouvidos a inspetora Alessandra Valle, que participou da organização do inquérito, o delegado Ruchester Marreiros, responsável por uma investigação sobre o tráfico de drogas na Favela da Rocinha, na época do desaparecimento de Amarildo. Foram ouvidos também o soldado Newland de Oliveira e Silva, que servia na Unidade de Polícia Pacificadora da Rocinha, além de outros policias, amigos e conhecidos dos réus.

Hoje devem ser ouvidas mais duas testemunhas de defesa e terá início a fase de interrogatório dos acusados. Os 25 policias militares réus no processo respondem pelos crimes de tortura e ocultação de cadáver e também por participação por não impedir a ação.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.