18°/ 33°
Belo Horizonte,
18/SET/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

SP estreia primeiro semáforo exclusivo para ônibus

Agência Estado

Publicação: 01/04/2014 11:38 Atualização:

Começou a funcionar nesta terça feira, 1, o primeiro semáforo exclusivo para ônibus de São Paulo, na Rua Clélia com a Rua Tibério, na Lapa, na zona oeste. O sistema integra um tipo de concepção de trânsito inédito na cidade, o chamado queue jump (fura-fila, em uma tradução livre do inglês), que funcionará nos horários de pico das 6 às 11 horas e das 16 às 20 horas.

Na manhã desta terça-feira, o prefeito Fernando Haddad e o secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, acompanharam durante alguns minutos o funcionamento do sistema.

"São mecanismos que melhoram muito a fluidez do trânsito, privilegiando o transporte público e favorecendo também os carros, que acabam sendo beneficiados colateralmente por causa da organização do fluxo", disse Haddad, que durante alguns minutos ao lado do sinal alertou motoristas de carros que estavam na faixa do ônibus. "Aqui é só para ônibus", gesticulava o prefeito.

Funcionamento. Quando o sensor detecta a presença de um ônibus, o sinal vermelho exclusivo abre 12 segundos antes do que o semáforo dos carros. Essa diferença de tempo permite que o coletivo faça a conversão para a faixa exclusiva de ônibus, que, neste ponto da Rua Clélia, passa do lado direito para o esquerdo da via. Segundo a CET, antes os ônibus percorriam cerca de 200 metros para conseguir fazer a transposição, mas agora poderão realizá-la já na área de cruzamento, para que não haja conflito com os carros.

O sinal para o ônibus tem uma placa alertando sobre a exclusividade e o epigrama em forma de um ônibus visto de lado.

Ao todo, 167,5 mil passageiros em 24 linhas de ônibus passam por essa rua. Nos horários de pico são 169 ônibus por hora.

Segundo Tatto, outros quatro ou cinco pontos da cidade poderão ter o sistema. O secretário não informou quais são esses locais.
Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.