Comerciantes limitam venda de produto em Rio Branco

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 26/03/2014 10:01

Agência Estado

Rio Branco, 26 - As fortes chuvas que continuam caindo sobre o Rio Madeira complicaram ainda mais a situação de Rio Branco, no Acre. O desabastecimento de produtos básicos já é sentido pela população. Faltam frutas nas prateleiras e as que estão disponíveis tiveram o preço reajustado em até 40%. Supermercados têm limitado a venda de leite a um litro por pessoa e passaram a colocar achocolatados e leite condensados no lugar onde antes eram expostos frutas e legumes.

O governo montou várias frentes de trabalho para viabilizar o abastecimento com produtos básicos. Com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o Estado improvisou quatro estruturas para balsas aportarem ao longo da BR-364, única via de acesso terrestre do Acre com as demais regiões do País.

Além disso, o Peru passou a exportar produtos básicos para o Estado, por meio de uma portaria da Agência Nacional de Transportes Terrestres. Seis empresas acreanas foram autorizadas a importar os produtos - cerca de 2 mil toneladas já passaram pela alfândega. A Força Aérea Brasileira (FAB) continua fazendo o transporte de hortifrutigranjeiros para Rio Branco.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.