Anvisa veta princípios farmacêuticos da chinesa Shenyang

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 24/03/2014 15:49

Agência Estado

Brasília, 24 - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão da importação, distribuição e comércio do insumo farmacêutico rifampicina, bem como de outros princípios ativos farmacêuticos fabricados pela empresa Shenyang Antibiotic Manufacturer. A medida foi divulgada nesta segunda-feira, 24, e publicada no Diário Oficial da União. A decisão foi tomada levando em consideração "as irregularidades detectadas durante inspeção para verificação de boas práticas de fabricação na empresa", diz a Anvisa. Conforme material da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) disponível para consulta na internet, a rifampicina é utilizada para o tratamento de hanseníase, tuberculose ativa, quimioprofilaxia de portadores de meningococo - entre outros usos.