Dom Orani cancela procissão após ataque a UPP

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/03/2014 13:49

Agência Estado

Rio, 22 - A insegurança na região do Complexo de Manguinhos, na zona norte do Rio, fez com que o arcebispo do Rio, Cardeal Dom Orani Tempesta, suspendesse uma procissão pela favela do Mandela, onde cinco contêineres e dois veículos da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) foram incendiados, na noite de quinta-feira, 20.

Na manhã deste sábado (22), o cardeal celebrou uma missa na capela São Miguel Arcanjo e seguiria com os fiéis até a capela São Jerônimo Emiliani, que foi visitada pelo Papa Francisco, durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013.

"Esta missa é a oportunidade de anunciar que, no meio dos conflitos e tribulações, cremos em Jesus, caminho de vida e paz para todos. Sabemos que a paz é possível pela fé, vida fraterna, amor e esperança. Lembramos que a comunidade tem locais abençoados pelo Papa Francisco durante a JMJ", disse Dom Orani, segundo o site da Arquidiocese do Rio. A missa já estava marcada antes dos conflitos e dos ataques a UPPs na zona norte da cidade.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.