Com novo plano diretor de SP, Haddad diz não querer 'novos Itains-Bibis' na capital

Mudanças impedem prédios altos em regiões que tenham menos espaço e menor capacidade de circulação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 20/03/2014 14:01 / atualizado em 20/03/2014 17:33

Agência Estado

O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou nesta quinta-feira, 20, que espera ver o novo Plano Diretor da cidade aprovado dentro de 60 dias. Ao defender o projeto, Haddad disse que os bairros devem ser preservados porque ninguém aguenta mais bairros como o Itaim-Bibi, com ruas estreitas e prédios de 25 andares. "Não queremos novos Itaim-Bibi. As pessoas não conseguem nem sair de suas garagens." O prefeito participou da primeira reunião do Conselho da Cidade, no centro.

Pelo projeto, novos edifícios no meio dos bairros poderão ter oito andares no máximo, além do térreo. Já prédios previstos nos chamados eixos de transporte, onde estão corredores de ônibus e estações de metrô, a verticalização será liberada e incentivada. "Sabemos o quanto é difícil aprovar um plano diretor, mas esse não é plano que contém só uma carta de intenções, mas instrumentos para aplicá-lo", defendeu Haddad. O texto final do projeto de lei será apresentado aos vereadores na próxima quarta, dia 26.
Tags: