Por um país melhor

Fundação Assis Chateaubriand comemora 25 anos neste domingo

Entidade segue levando oportunidades de desenvolvimento a comunidades em todas as regiões de atuação dos Diários Associados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 23/02/2014 07:00 / atualizado em 23/02/2014 09:01

Estado de Minas

Fundacao Assis Chateaubriand / Divulgacao

Num país em desenvolvimento como o Brasil, a lista de ações sociais necessárias é robusta. O poder público trabalha em várias frentes de atuação, porém não consegue promover tudo o que se espera. Nesse sentido, a participação da sociedade de forma organizada se torna importante para o suprimento das necessidades da população. Em pleno crescimento, o terceiro setor busca cumprir o papel de realizar iniciativas privadas de utilidade pública. Foi com essa visão de futuro que membros do condomínio dos Diários Associados criaram em 23 de fevereiro de 1989 sua fundação empresarial, a Fundação Assis Chateaubriand, em homenagem ao fundador do grupo de comunicação. Com sede em Brasília, a entidade completa 25 anos e tem em sua história diversos projetos sociais que já impactaram milhares de pessoas em vários estados brasileiros.

O diretor de relações institucionais da Fundação Assis Chateaubriand (FAC), Paulo César de Oliveira Marques, explica que a preocupação não deve ser apenas dos governos e de algumas instituições privadas, mas também dos indivíduos da sociedade. “As pessoas passaram a esperar que as empresas das quais sejam consumidoras tivessem uma postura diferente frente a essas questões”, avalia. “O engajamento dos veículos de comunicação dos Diários Associados em conjunto com a fundação nas causas de cada cidade amplia a percepção de proximidade com as pessoas e os laços com as comunidades”, defende Paulo César.

Educação, cultura, esporte, saúde, turismo e memória são as áreas de trabalho da entidade, que, por meio de programas, projetos e ações, colabora com o cumprimento dos oito objetivos de desenvolvimento do milênio. “Esses objetivos coincidem com diversas questões relevantes para o Brasil, por isso buscamos o alinhamento das nossas ações com cada um deles: acabar com a fome e a miséria, educação básica de qualidade para todos, igualdade entre sexos e valorização da mulher, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde das gestantes, combater a Aids, a malária e outras doenças, qualidade de vida e respeito ao meio ambiente, e todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento”, enumera a superintendente executiva da FAC, Mariana Borges.

Na maioria dos projetos, a Fundação atua em parceria com instituições públicas, privadas e do terceiro setor. “Acreditamos que uma sociedade melhor é feita com a participação de todos. Por isso, buscamos parceiros que compartilhem dessa ideia e queiram fazer o bem para os brasileiros”, ressalta Mariana, ao lembrar que as regiões prioritárias de atuação são Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste, onde os Diários Associados têm veículos de comunicação.

Para saber mais sobre o trabalho da  Fundação Assis Chateaubriand, acesse www.facbrasil.org.br

Arquivo / ABL
Quem foi Assis Chateaubriand


Fundador de um dos maiores conglomerados de mídia do país – os Diários Associados, em 1924 –, o jornalista paraibano Assis Chateaubriand foi um grande defensor do desenvolvimento brasileiro. Acreditava no poder da informação para a integração nacional e defendia a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros por meio de campanhas de cultura, educação, saúde, mineração, pecuária, agricultura, café, aviação e política. Também foi senador, embaixador do Brasil no Reino Unido, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL) criou o Museu de Arte de São Paulo (Masp) e trouxe a primeira televisão para o Brasil, a TV Tupi. Morreu em 1968, na capital paulista.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.