Campinas teve bom uso racional da água, diz Alckmin

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 16/02/2014 17:31

Agência Estado

São Paulo, 16 - O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que o aumento da vazão de água do Sistema Cantareira para a Bacia do PCJ (formada pelos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), em um metro cúbico, de três para quatro metros cúbicos por segundo, foi possível graças à economia feita pelas pessoas.

"A população deu uma boa reposta de uso racional da água com o bônus (que foi oferecido pela Sabesp)", afirmou o governador em evento na capital paulista. "Estamos chegando a quase 2 metros cúbicos por segundo de redução de consumo, mesmo com o aumento de temperatura", disse.

Segundo o governador, a região de Campinas tem pouca reserva de água. Por conta disso, Alckmin afirmou que foi assinado, há dois meses, um decreto para fazer duas grandes represas: uma no Rio Camanducaia e outra no Rio Jaguari. "Isso dará mais segurança para a região."

O governador participou, neste domingo, do início da construção de 804 moradias no bairro Jaraguá, na região Noroeste de São Paulo.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.