PF desarticula quadrilha acusada de fraudar Previdência

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 22/01/2014 09:37

Agência Estado

São Paulo, 22 - A Polícia Federal de Pernambuco realizou operação nesta terça-feira, 21, para desarticular uma quadrilha acusada de fraudar documentos e receber benefícios ilegais da Previdência Social. Segundo o INSS, o esquema gerou um prejuízo de cerca de R$ 2,5 milhões aos cofres públicos.

Os policiais cumpriram 20 mandados de condução coercitiva, que obrigam os suspeitos a comparecerem à delegacia para prestar esclarecimentos. A quadrilha atuava nas cidades de Recife, Olinda e em municípios vizinhos. Com o grupo, a polícia apreendeu documentos que podem ajudar na apuração do caso.

As investigações mostram que os acusados obtinham carteiras de identidade e CPFs falsos, que eram utilizados com o fim de obter benefícios, como o de Amparo Social ao Idoso e o de Amparo Social à Pessoa Portadora de Deficiência. Os criminosos também utilizavam atestados médicos falsos para enganar a Previdência.

Dentre os crimes que os integrantes do grupo praticaram estão uso de documento falso, estelionato, corrupção passiva, peculato e associação criminosa.
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.