17°/ 29°
Belo Horizonte,
18/ABR/2014
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Defesa Civil interdita 73 comércios e residências depois de explosão de gás

Correio Braziliense

Publicação: 15/12/2013 20:38 Atualização: 15/12/2013 20:46

 (Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

Após um vazamento de gás que causou uma grande explosão na 409 Norte, neste domingo (15/12), 73 unidades (entre comércios e residências) foram interditadas pela Defesa Civil. Segundo o órgão, o local só será liberado depois que o prédio contratar uma empresa especializada em patologia de edificações para fazer um plano de reforma.

Na noite de hoje, moradores subiram em suas casas por uma escada alternativa, amparados pelo Corpo de Bombeiros, para retirarem seus pertences mais básicos. Eles só poderão voltar para o local após a reforma.

Com janelas e portas destruídas, todos temem agora uma onda de assaltos e saques. O edifício localizado no bloco M da quadra está com 54 janelas quebradas. Duas portas de vidro e quatro de aço também foram danificadas. O síndico Eduardo Cavalcanti conta que a sensação de insegurança preocupa a todos. "Já acionamos o seguro, mas o conserto só poderá ser feito amanhã. Providenciamos um segurança para passar a noite e evitar mais prejuízo aos condôminos. A principio, o condomínio vai arcar com os despesas, uma vez que o seguro só cobre itens relacionados a área comum do prédio", disse. Cavancanti ressaltou ainda que os bombeiros alertaram os moradores dos apartamentos adjacentes sobre um possível risco de interdição.

Ricardo Morais, 46 anos, possui uma loja no bloco comercial atingido pela explosão e disse que não sabe ao certo qual o tamanho do prejuízo, mas já tomou todas as medidas para evitar mais perdas. "Vou contratar um segurança para garantir que eu não seja saqueado. As lojas estão desguarnecidas, sem portas e janelas" informou.

O vazamento de gás no Frejo restaurante e Cervejaria causou uma grande explosão na 409 Norte. Três pessoas que passavam em frente ao restaurante da quadra comercial, no momento do acidente, ficaram feridas. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital de base do Distrito Federal (HBDF), com escoriações devido aos estilhaços de vidro.

Segundo o major Silva Neto, do Corpo de Bombeiros, o botijão de gás que estava na cozinha do estabelecimento pode ter causado o acidente. "Não sabemos por quanto tempo ocorreu o vazamento, só a perícia poderá dar mais detalhes sobre o caso. No momento, a situação está controlada, retiramos o botijão do prédio e todas as medidas de segurança foram tomadas", afirmou Neto.

 

Tags:

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história efaça parte da rede de conteúdo do grupo Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.