SIGA O EM

China alerta que vigiará política comercial de Trump

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 23/11/2016 22:07

AFP /Agence France-Presse

A China estará alerta diante da política comercial do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, e não hesitará em recorrer à Organização Mundial do Comércio (OMC), caso se considere prejudicada - declarou o ministro adjunto de Comércio Internacional, Zhang Xiangchen, nesta quarta-feira (23).

Em Washington, Xiangchen disse que a China prestou atenção na campanha eleitoral de Trump e que "observará bem de perto o que vai fazer quando assumir", em 20 de janeiro próximo.

Na corrida eleitoral, Trump acusou a China de aplicar dissimuladas políticas comerciais e de manipular sua moeda. Em represália, ameaçou impor tarifas de até 45% aos produtos chineses, como forma de proteger a mão de obra americana.

Zhang declarou também que seu governo espera ver o que Trump realmente fará e indicou que seu governo não vacilará em denunciar os Estados Unidos na OMC, se considerar que seus direitos foram violados.

"A China tem direito a defender seus direitos na OMC", insistiu.

Pouco antes, em outra entrevista coletiva, o representante comercial dos Estados Unidos, Michael Froman, admitiu que as relações sino-americanas despertam algum "ceticismo".

"A população americana espera que a relação se baseie em condições equitativas e em uma maior reciprocidade", declarou.

Durante os oito anos de mandato de Barack Obama, Washington manteve vários litígios com a China na OMC, organização na qual denunciou Pequim por suas práticas comerciais, alegando que são "desleais".



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600