SIGA O EM

Quaresma repercute entrevistas em que declarou ser viciado em crack

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
O advogado do goleiro Bruno, Ércio Quaresma expôs no fim de semana o drama particular que vive como viciado em drogas. Em entrevista ao TV Verdade, o advogado afirmou que teve contato com entorpecentes aos 15 anos e desde então usou maconha, cocaína e por último o crack. O defensor disse ter ficado afastado das drogas por quatro anos, mas numa recaída voltou a consumir o que ele mesmo definiu como “substância mais avassaladora que o ser humano pode ter inventado”.

O advogado buscou ajuda profissional para se livrar do vício e vai escrever um livro a falta de controle do ser humano sobre a dependência química. Quaresma comentou que existe um vídeo em que ele foi flagrado fumando crack. O advogado preferiu falar sobre o problema antes da divulgação destas imagens.

Como advogado de Bruno, Quaresma protagonizou polêmicas duranta a fase de investigação sobre a morte e desaparecimento de Eliza Samudio. O defensor chegou a afirmar que a modelo paranaense está viva e debateu vários pontos colocados pela polícia no inquérito do caso. O advogado é investigado pela comissão de ética da Ordem dos Advogados do Brasil, depois da denúncias de outro advogado sobre a conduta de Ércio no Caso Bruno. Na fase de instrução e julgamento do processo, Quaresma acompanhou as audiências e mostrou uma postura peculiar. O advogado dormiu durante as audiências e foi abordado pela juíza no meio de uma sessão enquanto roncava dentro do tribunal.

Veja as entrevista de Quaresma ao TV Verdade: