SIGA O EM

Bruno e mais sete são indiciados por cinco crimes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/07/2010 20:48 / atualizado em 29/07/2010 21:02

Luisa Brasil

Beto Magalhaes/EM/D.A.Press
O goleiro Bruno Fernandes e mais sete pessoas foram indiciados pela Polícia Civil de Minas Gerais por envolvimento no desaparecimento da modelo Eliza Samúdio. Bruno foi indiciado pelos crimes de homicídio, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver, formação de quadrilha e corrupção de menores. Pelos mesmos crimes, também foram indiciados Luiz Henrique Ferreira Romão (Macarrão), Flávio Caetano de Araújo (Flavinho), Wemerson Marques de Souza (Coxinha), a ex-mulher do atleta Dayane Rodriques do Carmo Souza, o caseiro do sítio do goleiro Elenilson Vitor da Silva, o primo Sérgio Rosa Sales (Camelo) e a ex-amante do jogador, Fernanda Gomes de Castro. Já o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi indiciado por homicídio qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver. Com exceção de Fernanda Gomes, todos eles já estão presos na penitenciária Nelson Hungria. O inquérito, que tem mais de 1.500 páginas, foi concluído no fim da tarde desta quinta-feira. Nesta Sexta-feira, o documento será encaminhado à Justiça e a polícia irá apresentar informações mais detalhadas sobre as provas do crime.