SIGA O EM

Justiça autoriza acareação entre os envolvidos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

Foi autorizada na noite desta segunda-feira, pelo juiz da Vara de Infância e da Juventude de Contagem, Elias Abdou Obeid, a acareação entre os envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza Samudio. Com a decisão da Justiça, a Polícia Civil (PC) deverá marcar a data para o encontro dos suspeitos.

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, fica a critério da PC quais o acusados vão ficar frente a frente. Inicialmente a polícia queria contrapor informações divergentes nos depoimentos do primo de Bruno, Sérgio Rosa Sales, e do adolescente de 17 anos. A novidade é que a Justiça autoriza a participação de todos os envolvidos na acareação.

O juiz Elias Abdou Obeid exigiu que o menor esteja acompanhado do advogado e de um representante legal. O menor é denunciado pelo promotor Leonardo Barreto Moreira Alves, por sequestro, cárcere privado e homicídio triplamente qualificado de Eliza. Ele continua internado no Centro de Internação Provisória do Bairro Horto, na Região Leste da capital.