SIGA O EM

Delegadas estão fora das investigações do sumiço de Eliza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
As delegadas Alessandra Wilke e Ana Maria Santos foram afastadas do inquérito que investiga o desaparecimento e morte de Eliza Samudio. Na tarde desta segunda-feira, o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Marco Antônio Monteiro já havia anunciado que Wilke não presidiria mais as investigações. Ele leu uma nota afirmando que as decisões visam dar prioridade à investigação, restringindo informações e dando agilidade ao inquérito.

As delegadas foram afastadas depois da exibição de um vídeo na noite desse domingo pelo programa "Fantástico", da Rede Globo. Na gravação, Bruno afirma que o amigo Luiz Henrique Ferreira Romão, o "Macarrão", é o único responsável pelo sumiço de Eliza.

O chefe do Departamento de Investigações, Edson Moreira, vai presidir o inquérito a partir de agora. A Corregedoria da Polícia Civil deve apurar o vazamento do vídeo e dar um parecer em 48 horas.