" /> " /> " />
Publicidade

Estado de Minas

Corpo de garoto atacado por jacaré é encontrado


postado em 22/06/2016 15:00

No dia 14 de junho, em um lago que faz parte do complexo turístico da Disney World, um menino de dois anos foi atacado e arrastado por um aligátor (jacaré americano). Ele estava brincando com os pés dentro do lago artificial quando sofreu o ataque. O pai do garoto, por sua vez, lutou com o animal na tentativa de salvar seu filho, mas não conseguiu resgatá-lo.

Após mais de 16 horas de busca, o corpo da vítima foi encontrado intacto pela polícia no dia 15 de junho, conforme relato dos mergulhadores, e entregue ao instituto médico legal para posterior necropsia. A autópsia irá esclarecer se o garoto foi de fato afogado pelo aligátor.

Em entrevista coletiva, o xerife Jerry Demings, que comandou a operação de buscas, informou que cinco jacarés foram capturados e mortos para encontrar vestígios do ataque.

Incidentes envolvendo jacarés são comuns na Flórida, mas poucos envolvem ataques a seres humanos. Embora o complexo turístico tenha placas proibindo o acesso ao lago, não há sinalização adequada indicando a presença dos répteis.

De acordo com porta-voz do xerife responsável pelo caso, ?às vezes é preciso uma tragédia para servir de aviso? e ?os pais sempre precisam estar em alerta?.

A tragédia chocou a todos e culminou na interdição das praias que fazem parte dos resorts da Disney. O vice-presidente do Resort Walt Disney World Resort comunicou que todos na empresa estão ?devastados com este trágico incidente?.

À luz do Direito Brasileiro, a empresa seria responsável independentemente da comprovação de culpa, como bem esclarece o Código de Defesa do Consumidor, ao descrever que:

Art. 14. O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos?.

O ataque ao garoto demonstra que o estado da Flórida precisa dar mais atenção à relação dos humanos com os jacarés americanos, seja por meio de uma sinalização mais clara, seja pela conscientização da população dos riscos trazidos pelo contato com animais selvagens. Ações nesse sentido contribuiriam para prevenção de ataques e de mortes, não só dos humanos, mas também dos animais.

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/06/ataque-de-jacare-e-o-1-com-morte-na-disney-em-seus-45-anos.html

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2016/06/1781810-crianca-some-em-lago-da-disney-apos-ser-arrastada-por-jacare.shtml

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade