Publicidade

Estado de Minas

Terreno onde mulher autista era mantida em cárcere privado em BH

Um casal foi preso na última sexta-feira pela Polícia Civil por manter a filha autista, de 39 anos, em cárcere privado há mais de um ano no Bairro Goiânia, Região Nordeste de Belo Horizonte. José Tomé da Cruz, de 61 anos e sua companheira, Vera Lúcia da Cruz, de 47, mantinham a filha do homem em cárcere privado em um terreno baldio usado para guardar veículos e que tinha um cômodo. Ainda conforme a corporação., a filha de José Tomé é autista e não fala.


postado em 21/08/2017 11:04

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade