Publicidade

Estado de Minas SOBE/DESCE

Os mais emplacados de agosto

Confira 10 fatos sobre o relatório divulgado pela Fenabrave. A liderança do mercado e dos principais segmentos, as marcas e modelos mais vendidos, e alguns fracassos


postado em 07/09/2019 04:00

Hyundai Creta aproveitou a bobeira do Nissan Kicks e assumiu a vice-liderança dos SUVs compactos (foto: hyundai/divulgação)
Hyundai Creta aproveitou a bobeira do Nissan Kicks e assumiu a vice-liderança dos SUVs compactos (foto: hyundai/divulgação)
 
 
 
A Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgou o relatório de emplacamentos referente a agosto. Confira os principais movimentos do mercado automotivo brasileiro.

1) O Hyundai Creta teve aumento significativo de vendas em agosto, com 6.643 emplacamentos, superando o Kicks na disputa pela vice-liderança dos SUVs compactos. Por sua vez, o utilitário-esportivo da Nissan teve queda em relação ao mês anterior, com 3.887 unidades registradas. O segmento é encabeçado pelo Jeep Renegade, que até o fechamento do mês somou 44.024 emplacamentos, seguido pelo Creta (36.195) e Kicks (35.011).

2) O Volkswagen T-Cross registrou até aqui 15.340 unidades vendidas. Como o modelo foi lançado em abril, proporcionalmente (conforme a média mensal), está na quinta colocação entre os SUVs compactos, atrás do Honda HR-V (31.606) e acima do Ford EcoSport (20.980).
 
Volkswagen registrou apenas 32 unidades do Golf, que pode deixar de ser produzido no Brasil(foto: edésio ferreira/em/d. a press)
Volkswagen registrou apenas 32 unidades do Golf, que pode deixar de ser produzido no Brasil (foto: edésio ferreira/em/d. a press)
 

3) O Renault Sandero também registrou um boom de vendas, passando de 2.952 em julho para 5.347 em agosto. O salto tem justificativa, já que o modelo foi reestilizado no fim de julho. Porém, boa parte deste crescimento se deve às vendas diretas, 3.375 unidades, o que corresponde a 63%.

4) O Renault Logan também passou pela mesma reestilização do Sandero, o que também surtiu efeito. O sedã foi de 1.272 emplacamentos em julho para 2.280 em agosto. Para o Logan, o percentual de vendas diretas, que somou 2.001 unidades, foi ainda maior: 87%.

5) O Volkswagen Golf caminha a passos largos para deixar de ser fabricado no Brasil, reflexo do desinteresse pelos hatches médios (que ficaram excessivamente caros e passaram a sofrer pressão dos compactos premium) e a prioridade dada ao SUV compacto T-Cross na linha de montagem de São José dos Pinhais (PR). Se em julho foram vendidas 64 unidades do modelo, que hoje é vendido apenas na versão esportiva GTI (que custa R$ 151.530), em agosto foram apenas 32 emplacamentos.
 
Ford Ka continua na disputa pela segunda colocação dos hatches compactos, mas, para isso, precisa derrubar o HB20(foto: jair amaral/em/d. a press)
Ford Ka continua na disputa pela segunda colocação dos hatches compactos, mas, para isso, precisa derrubar o HB20 (foto: jair amaral/em/d. a press)
 

6) No mês anterior à chegada da nova geração, o Toyota Corolla teve uma queda acentuada dos emplacamentos, que foram de 5.936 em julho para 4.621 em agosto. Mas os “japas” da Toyota são mais sortudos que os “japas” da Honda, já que o Civic também sofreu a mesma redução nas vendas, de 2.402 para 1.736, reflexo da recente reestilização do modelo.

7) Prestes a ganhar nova geração, provavelmente em dezembro, o Chevrolet Onix continua sua trajetória de sucesso. Até agosto, já foram 159.367 unidades emplacadas, o que assegura a primeira colocação folgada, com mais do dobro das vendas do segundo colocado. Um dos segredos para o modelo não perder vendas nesse fim de ciclo é garantir ao consumidor que a geração atual vai continuar no mercado a partir da chegada do novo Onix.

8) Já a segunda colocação entre os automóveis continua em aberto. Em agosto, o Ford Ka registrou aumento de vendas em relação a julho, de 9.075 para 9.140 unidades. Já o Hyundai HB20 teve decréscimo de emplacamentos, de 9.205 para 8.187, o que pode ser consequência da iminente reestilização. No placar geral, HB20 está na frente, com 70.386, enquanto o Ka soma 68.862 emplacamentos até agosto. O mais lógico é que o HB20 amplie essa diferença pelo fator renovação.

9) Na briga entre os fabricantes, nos emplacamentos de automóveis e comerciais leves, a Chevrolet continua levando vantagem sobre a Volkswagen. Do início do ano até agosto, os G.I. Joe alcançaram a soma de 304.921 emplacamentos, enquanto os “chucrutes” registraram 262.687 unidades.

10) Já a Fiat está na terceira colocação na soma de automóveis e comerciais leves: 235.204 emplacamentos até agosto. Porém, se não fosse seu excelente desempenho entre os comerciais leves, que respondem por 104.355 desses registros, a marca estaria apenas na quinta colocação nos emplacamentos de automóveis.


Publicidade