Publicidade

Estado de Minas

Pequeno cobiçado

Embora não seja mais comercializado no Brasil, o Fiat 500 faz sucesso na Europa e em outros mercados, onde ganhou edição especial Dolcevita, comemorativa pelo 62º aniversário


postado em 03/08/2019 04:09

De acordo com a Fiat, a nova edição do pequeno modelo incorpora os valores do italian glamour e do estilo de vida da época de seu lançamento (foto: Fiat/ Divulgação)
De acordo com a Fiat, a nova edição do pequeno modelo incorpora os valores do italian glamour e do estilo de vida da época de seu lançamento (foto: Fiat/ Divulgação)


Apesar de estar fora de linha no Brasil, o charmoso Fiat 500 continua fazendo sucesso em outras praças, se destacando como o modelo mais vendido do Grupo FCA nos últimos dois anos. O “Cinquecento” deu origem a uma pequena família, formada pelo utilitário-esportivo compacto 500X (exibido no estande da marca durante o último Salão do Automóvel, o modelo flerta com o mercado brasileiro, mas depende de uma taxa de câmbio favorável) e o monovolume 500L, sem contar o apimentado Abarth e a carroceria descapotada. Os modelos já somaram mais de 3 milhões de unidades vendidas na Europa.
 
A releitura do carro popular italiano da década de 1950 foi lançada há 11 anos, e, desde então, já foram desenvolvidas mais de 30 edições especiais, fruto da colaboração do Centro de Estilo Fiat com marcas icônicas dos mundos da moda, da navegação de luxo e da tecnologia. A nova bossa do carrinho é a edição especial 500 Dolcevita, que celebra o 62º aniversário do modelo na Europa, que, de acordo com a marca, “incorpora os valores do italian glamour e do estilo de vida que começou naqueles anos envolvendo moda, design, arte, sabores, imaginação e prazer, que são os ingredientes da identidade e do encanto da Itália”.
 
O nome da versão Dolcevita está grafado na tampa traseira em letra cursiva e cromada, disponível nas configurações hatchback e conversível. A carroceria recebeu vários frisos cromados, presentes nos para-choques, grades, capô, insígnias, base das janelas, maçanetas e capas dos retrovisores. Toda a linha de cintura do compacto é coberta por dupla linha vermelha fina. As rodas em liga leve de 16 polegadas têm acabamento diamantado. O veículo com carroceria hatchback traz ainda teto de vidro Skydome.
 
Já a carroceria conversível do Fiat 500 Dolcevita tem o teto retrátil em lona com listras horizontais brancas e azuis, além da logo "500" bordada em vermelho, uma inspiração das espreguiçadeiras e guarda-sóis da Riviera italiana dos anos sessenta. Em 2019, também comemoramos o décimo aniversário do 500 conversível, além dos 120 anos da marca Fiat.
O interior foi inspirado na elegância e requinte do universo dos barcos a vela, com painel de madeira e os novos assentos revestidos em couro na cor marfim, que traz o emblema 500 bordado em tons vermelhos e uma parte central com a textura inspirada em vime. O couro em marfim também está presente nos painéis de porta. A versão especial está disponível com os motores 1.2 com 69cv de potência, com opção de câmbio manual ou automatizado Dualogic, 0.9 Twin Air de 85cv ou 1.2 LPG de 69cv, sendo estes dois últimos com transmissão manual.
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade