Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Tapinha no para-choque

Picape Fiat Toro 2020 traz como principal mudança visual o overbumper embutido no para-choque dianteiro. Nova versão Ultra oferece de série tampa rígida para a caçamba


postado em 13/07/2019 04:10

Versão Ultra chegará no fim do ano com tampa rígida e tranca na caçamba(foto: fiat/divulgação)
Versão Ultra chegará no fim do ano com tampa rígida e tranca na caçamba (foto: fiat/divulgação)


A Fiat nada de braçada no segmento de picapes no Brasil, onde garante a liderança com a compacta Strada e a intermediária Toro. Os dois modelos representam mais de 40% do volume de vendas do segmento, mas a montadoras quer ampliar ainda mais a vantagem. Para isso, lança a linha 2020 da picape Toro com discretas mudanças no visual, amparada no argumento de que “em time que está ganhando não se mexe”. Na prática, o modelo ganhou apenas o overbumper, mais conhecido como quebra-mato, na verdade uma saliência no para-choque dianteiro. Traz também a versão Endurance nas novas configurações 1.8 flex, associada ao câmbio manual de cinco marchas (R$ 92.990), e a 2.0 turbodiesel, com transmissão automática de nove velocidades e tração 4x4 (R$ 129.990). E, até o fim do ano, a picape ganhará a versão Ultra, com tampa rígida de fibra para a caçamba.
 
A Fiat considera que a Toro inaugurou um novo segmento de picapes, denominado Sport Utility Pick-up (SUP), que na prática é um modelo intermediário entre as compactas e as médias. E, apesar de a montadora ignorar solenemente, é preciso lembrar que quem inaugurou esse segmento foi a Renault, com a picape Duster Oroch. Tudo bem que são produtos diferentes em termos de design, mas o modelo da marca francesa foi pioneiro no segmento.
 
Para a Fiat, a Toro traz uma mistura dos conceitos de picape e SUV, dando ao utilitário um jeitão de automóvel nem sempre comum neste segmento. O design sempre foi um dos pontos mais fortes da Toro, por isso a marca optou por não fazer mudanças radicais no visual da linha 2020. A principal mudança é o overbumper, que passa a ser de série em todas as versões e tem apenas um efeito estético. O santantônio e as barras de proteção do vidro traseiro também passam a ser itens de série na versão Endurance, que é a de entrada. Já a versão Volcano passa a contar com sete airbags (dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de joelho para o motorista). O alarme com comando na chave passa a ser de série em todas as versões.
 
Outra novidade muito bem-vinda na linha 2020 da Toro é a nova central multimídia, com tela tátil de sete polegadas, mais fácil de visualizar e interagir. O sistema tem conectividade com o Android e uma CPU de 800 MHz para rápido processamento de dados. A memória interna é de 4GB para armazenamento de informações, trabalhando com memória RAM de 1GB. Traz ainda comandos no volante, entradas USB e auxiliar, conexão Bluetooth e GPS com a tecnologia da TomTom para uma navegação simplificada. Além disso, a tela da central mostra imagens da câmera de ré, para facilitar as manobras de estacionamento.

S-DESIGN Outra novidade é o conceito S-Design, que será disponibilizado na versão Freedom (flex e diesel). Apresentado no Salão de Genebra de 2017, o pacote de estilo é incorporado à picape dentro da fábrica em Goiana (Pernambuco) pelo Mopar Custom Shop, mantendo a qualidade e garantia total. Com preço de R$ 5 mil, agrega faixas adesivas no capô e na tampa traseira da caçamba, identificação da versão e motorização escurecidos,
assim como emblemas e badges especiais. O santantônio e estribos laterais são pintados em preto. Retrovisores externos, grade superior dianteira e barras de teto em cinza. As rodas também são pintadas em cor escura. O interior da picape com pacote S-Design também é todo escurecido. As forrações dos bancos, em tecido e couro, assim como volante e laterais de porta em couro têm costura preta. Há uma cor específica para a moldura da central multimídia, saídas de ar, alças das portas e aros dos alto-falantes. As logomarcas no interior também são escurecidas e os adereços cromados foram substituídos pelo preto fosco e cinza. O kit ainda traz apoia-braço central traseiro com porta-copos.

ULTRA A novidade da linha Toro 2020 que vai ficar para depois, mais precisamente para novembro ou dezembro, é a nova versão Ultra. Com motor 2.0 turbodiesel, tração 4x4 e câmbio automático de nove marchas, a nova versão vai trazer o dynamic cover de série, que é uma tampa de fibra de vidro com tranca que cobre a caçamba. Foi a solução que a Fiat encontrou para dar um aspecto ainda mais acentuado de SUV à picape e oferecer maior proteção aos objetos que são colocados na caçamba, além de melhorar a vedação contra infiltração de água. A tampa é removível, facilitando o transporte de objetos maiores. Mas a tampa só pode ser aberta quando as portinholas traseiras da caçamba são destravadas. A Fiat ainda inseriu na linha 2020 da Toro as novas cores marrom deep, prata billet e azul jazz. E, até o fim do ano, a montadora deve disponibilizar o extensor de caçamba, que facilita o transporte de motos e bicicletas, por exemplo.

DIRIGINDO Na apresentação da nova linha Toro, dirigimos a inédita versão Endurance com motor 1.8 flex e câmbio manual, que passa a ser a versão de entrada. Até então, essa motorização só era disponibilizada com câmbio automático. Na prática, já é sabido que esse motor 1.8 flex não proporciona bom desempenho e nem garante bons números de consumo. Porém, com o câmbio manual, a picape fica um pouco mais ágil, já que o motorista pode fazer as mudanças de marchas no momento ideal. O câmbio tem relações de marchas mais curtas, favorecendo a performance. Mas, de qualquer forma, não é nada que mude a ideia de que a melhor opção para a Toro é o motor a diesel.

* Jornalista viajou a convite da Fiat


Publicidade