Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Reinventando o Grand Tourer


postado em 18/05/2019 04:13

 

 

A McLaren Automotive revelou esta semana sua interpretação de um moderno Grand Tourer. Trata-se do novo McLaren GT, um esportivo de formas musculosas, mas que por ser superleve desafia as convenções da categoria Grand Tourer. O modelo tem estilo impactante e é feito de materiais inovadores de alta qualidade, além de apresentar desempenho de um verdadeiro supercarro. Tem chegada prevista no Brasil para o segundo semestre, mas ainda sem preço definido.


A McLaren Automotive é fabricante de carros esportivos de luxo, alto desempenho e supercarros. Os modelos da marca são montados a mão, no McLaren Production Center (MPC) em Woking, Surrey, na Inglaterra. Para o novo GT, a fabricante pensou em oferecer um carro mais leve, rápido e atraente que os produtos existentes no segmento, com maior espaço, conforto e usabilidade.

POTÊNCIA O novo GT tem estrutura de fibra de carbono, que proporciona muita rigidez e resistência, sem comprometer a dinâmica de direção. Com 1.530kg, o McLaren GT é mais de 130kg mais leve que seu concorrente mais próximo e, literalmente, centenas de quilos mais leve que os outros carros do segmento. O motor que equipa o bólido é um V8 biturbo de 4.0 litros, 620cv e torque de 64,2kgfm, que faz com que o novo McLaren GT tenha uma relação peso/potência de 2,46kg/cv. Os números de desempenho não poderiam ser melhores: aceleração até 100km/h em 3,2 segundos e máxima 326km/h.


O monocoque feito sob medida MonoCell II-T tem estrutura superior traseira de fibra de carbono, que, além de ser bem leve, permite a criação de uma área de bagagem de 420 litros. O porta-malas tem tampa integralmente de vidro, com função de fechamento acionada eletricamente. A baixa altura do motor e o posicionamento do sistema de escape permitiram otimizar o volume, a forma e a usabilidade do compartimento de bagagem. Dá pra levar ali um saco de golfe ou dois pares de esquis e botas de 185cm, além de bagagens. Mas o McLaren GT ainda conta com outro compartimento na frente, com 150 litros de capacidade, resultando em um total de 570 litros.


O interior é sofisticado e confortável, e conta com bancos esportivos ajustados eletricamente e aquecidos, ideais para viagens de longas distâncias. O acabamento é feito em couro Nappa e a iluminação ambiente é oculta, sendo que o modelo ainda tem a opção de um teto vitrificado eletrocrômico com escurecimento. A lista de equipamentos inclui ainda uma moderna central multimídia e um sistema de áudio premium Bowers & Wilkins de 12 alto-falantes, com subwoofers de fibra de carbono e unidades de acionamento de Kevlar.


Publicidade