Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Charme renascido

Exemplar único, protótipo de conversível projetado em 1967 é resgatado pela BMWe restaurado pelo braço responsável pela conservação da história da marca alemã


postado em 26/01/2019 05:11

Conversível foi restaurado na fábrica de Dingolfing, onde foi construído. BMW Group Classic contribuiu com o fornecimento de peças originais, além da remanufatura de componentes que não estão mais disponíveis (foto: BMW/Divulgação)
Conversível foi restaurado na fábrica de Dingolfing, onde foi construído. BMW Group Classic contribuiu com o fornecimento de peças originais, além da remanufatura de componentes que não estão mais disponíveis (foto: BMW/Divulgação)



O BMW Group Classic, braço responsável pela conservação da história da marca alemã, acaba de ganhar mais um veículo para a sua coleção. Trata-se do BMW 1600 GT conversível, exemplar único que passou por um profundo processo de restauração. A história desse veículo começa a partir da demanda do importador americano Max Hoffmann, que queria lançar nos Estados Unidos ao mesmo tempo um cupê esportivo – equipado com motor 2.0 litros – e um conversível de quatro lugares.


Os protótipos desses veículos foram encomendados pela BMW junto ao designer italiano de carrocerias Pietro Frua. Foi em outubro de 1967 que a carroceria conversível chegou às mãos do fabricante, montada sobre um chassi com assoalho reforçado. O conjunto foi construído e pintado na fábrica de Dingolfing, que havia sido adquirida pela BMW recentemente. Ainda no outono daquele ano, os dois veículos saíram para a sua primeira volta, mas o cupê acabou sofrendo um acidente e foi descartado.
Já o conversível entrou para os registros de produção da fábrica em 16 de novembro como BMW 1600 GT, mas os planos de produção em série do modelo e posterior exportação para os Estados Unidos não se concretizaram. Mas a vida do protótipo descapotado estava apenas no começo. O veículo foi entregue a um senhor chamado Herbert Quandt, o maior acionista da BMW AG na época. O BMW 1600 GT serviu à família Quandt por muitos anos e depois foi repassado para outros proprietários particulares, entre eles uma modelo de Munique. Outro dono identificado desse conversível charmoso foi um empresário de Fürth, na Franconia. Depois, o modelo pertenceu ao Centro Allianz de Engenharia, em Munique.

RESTAURAÇÃO Quando o BWM Group Classic soube da existência deste modelo único, tratou logo de comprá-lo para devolvê-lo à condição original. E o local escolhido para a restauração também não foi ao acaso: a fábrica de Dingolfing, mesmo local onde ele nasceu. Mas a relação do BMW 1600 GT com essa fábrica vai além disso. É que, até a aquisição pela BMW, ali funcionava o fabricante Dingolfing Glas, que desde 1955 produzia o pequeno Goggomobil. Em 1964, a empresa lançou o esportivo Glas 1300 GT, cujo design era assinado por Pietro Frua. Porém, a Glas acabou sendo adquirida pela BMW. Com isso, enquanto continuou em linha, o esportivo da Glas recebeu o eixo traseiro, os assentos e o motor de 105cv do BMW 1600 TI, assim como os faróis redondos do BMW Série 02.


Por esse motivo, a restauração ficou a cargo de uma equipe da própria BMW em Dingolfing. O BMW Group Classic apoiou o projeto, facilitando a aquisição de peças originais, além da remanufatura de componentes que já não estão mais disponíveis. O projeto de restauração durou vários anos e contou com a participação de aprendizes sob a orientação de seus supervisores, se tornando parte do treinamento desses funcionários. De acordo com o fabricante de Munique, o conversível prateado é um representante revelador da época em que a BMW fez a transição de uma montadora de nicho para uma fabricante de automóveis de produção em massa.


Publicidade