Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Desafio dos 10 anos automotivos

Para entrar na onda que invadiu as redes sociais durante a semana, preparamos o antes e o depois de alguns modelos vendidos aqui. Confira o quanto eles evoluíram (ou não)


postado em 19/01/2019 05:02

(foto: marlos ney vidal/em/d. a press)
(foto: marlos ney vidal/em/d. a press)

 

Durante esta semana, o desafio dos 10 anos se tornou popular nas redes sociais com a publicação de fotografias de 2009 ao lado de outras de 2019, a fim de comparar a evolução (ou envelhecimento) das pessoas. Claro que a coisa extrapolou esse âmbito e gerou diversos memes no estilo antes/depois, um mais maldoso que o outro. Trazendo essa brincadeira para nosso assunto, carros, é legal ver como os modelos evoluíram (ou não) ao longo desse tempo.

 

 

TRACKER

A Tracker de 2009 nada mais era que o Suzuki Gran Vitara com a gravatinha da Chevrolet. Porém, em 2003, a marca japonesa deixou o mercado brasileiro. Como a GM tem participação no projeto do Vitara, aproveitou a ausência da Suzuki para vender o modelo sob a sua bandeira. Enquanto jipinho, o modelo era muito mais desejado que a fase atual, lançada em 2012, um SUV urbano. Mas, fazendo justiça, o mercado daquela época não trazia tantos concorrentes como hoje.


UNO

Em 2009, o Uno ainda trazia o estilo que ficou conhecido como “botinha ortopédica”, repleto de linhas retas, apesar de toda a evolução desde seu lançamento, em 1984. O Uno “quadrado” ainda foi produzido até 2013, quando foi lançada a edição de despedida Grazie Mille. Já agora, quem ostenta esse nome de peso é o Novo Uno, que já nem usa mais esse prenome, projeto que ficou conhecido como “quadrado redondo”, uma releitura do modelo original (by Giugiaro) feita com tanto cuidado que não ficou datado.

 

TUCSON

O Hyundai Tucson participou da primeira onda de SUVs compactos no Brasil, tendo chegado por aqui em 2005, quando o mercado ainda era dominado pelo Ford EcoSport. Em 2009, o modelo ainda era importado. O SUV ainda é vendido no Brasil,
 com pequenas mudanças, junto com sua segunda geração, ix35, e a terceira, All New Tucson.

 

 

S10

O porte da Chevrolet S10, assim como as picapes médias da época, era bem menor que a de hoje. Na verdade, as picapes classificadas como intermediárias atualmente têm dimensões aproximadas das de 2009. O modelo ganhou nova geração em 2012, que além de ter crescido para todos só lados, agregou padrão de acabamento melhor, além da melhor oferta de itens de conforto. O design também ficou bem mais robusto.

 

 

GOLF

Sempre falamos por aqui que o Volkswagen Golf é aquele carro que muda sem mudar. Porém, no Brasil, o modelo pulou direto da quarta para a sétima geração. Por esse motivo, temos uma diferença significativa entre o veículo vendido em 2009, da geração chamada 4,5, e o de 2013, que veio para o Brasil importado da Alemanha (hoje o modelo é
fabricado no Brasil).


Publicidade