Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Inveja e reencontros na segunda fase


postado em 19/05/2019 04:10

Virgínia (Paolla Oliveira) e Fabiana (Nathalia Dill) são irmãs na nova novela da Globo(foto: João Cotta/Globo)
Virgínia (Paolla Oliveira) e Fabiana (Nathalia Dill) são irmãs na nova novela da Globo (foto: João Cotta/Globo)

A segunda fase de A dona do Pedaço, que estreia nesta segunda-feira (20), às 21h, no horário nobre da Globo, também promete emoções.  Após 20 anos da tragédia, Fabiana (Nathalia Dill) descobrirá o paradeiro de Virgínia (Paolla Oliveira) ao se deparar com a irmã em um programa de televisão. Ela a reconhecerá por conta de um amuleto dado pela bisavó, Dulce (Fernanda Montenegro), às duas. Então, ela verá que sua parente se tornou uma bem-sucedida influenciadora digital e irá atrás dela em São Paulo movida por ambição e rancor.

“Fabiana é bem invejosa. Foi criada num convento e aí, quando ela vai explorar o mundo, acaba se descobrindo e é tomada por todos os sentimentos que ela tinha que negar antes. Não sei se a personagem terá algum afeto pela irmã. Achar alguém da família faz com que ela perceba que pode ter outra vida”, adianta Nathalia Dill.

Enquanto isso, Maria da Paz terá visto seu negócio de bolos crescer e, assim, se tornará dona de uma rede de confeitarias. No entanto, Josiane sentirá desprezo pela mãe e armará com o playboy Régis (Reynaldo Gianecchini) um plano para roubar seu dinheiro.

Durante esse tempo todo, Amadeu  (Marcos Palmeira) também reconstruiu sua vida e se casou com Gilda (Heloísa Jorge). No entanto, ao se mudar para São Paulo, ele descobrirá que seu amor do passado não morreu. A partir daí, o casal se reaproximará, mas enfrentará novas dificuldades.

BIXIGA Em São Paulo, Maria da Paz (Juliana Paes) é acolhida por Marlene (Suely Franco), prima do Padre (Fernando Eiras), que também a ajudou a fugir de Rio Vermelho, no interior do Espírito Santo. A professora aposentada recebe Maria em sua casa, no Bixiga, e se revela um “anjo da guarda” em sua vida.

Como vizinhos, as duas terão uma família de moradores de rua que ocupa um imóvel da região: Cornélia (Betty Faria), a matriarca, seu filho Eusébio (Marco Nanini), a nora Dorotéia (Rosi Campos) e os netos Rock (Caio Castro), Zé Hélio (Bruno Bevan), Rarisson (Glamour Garcia) e Sabrina (Carol Garcia), sobrinha de Dorotéia, que foi criada como filha dela. Cornélia é casada com Chico (Tonico Pereira). Dorotéia se torna amiga de Maria da Paz e, apesar da vida difícil, mantém a ternura no trato com a família e equilibra a vida entre os biscastes que eles fazem para sobreviver.

“A trajetória da Maria da Paz reflete a vida de muitas mulheres brasileiras. Quero fazer uma novela com uma mensagem positiva, que faça bem ao público”, enfatiza Walcyr Carrasco., autor de A dona do pedaço. (Estadão Conteúdo)


Publicidade