Publicidade

Estado de Minas

Cidade das 100 torres

Ao visitar a medieval capital europeia, o turista é, constantemente, obrigado a olhar para o alto


postado em 18/02/2020 04:00

Daisy Batista
Especial para o EM
 
Na praça da Cidade Velha, destaque para a Igreja de Nossa Senhora de Tyn. O monumental templo, em estilo gótico, é ícone na capital tcheca(foto: carlos altman/em/d.a press)
Na praça da Cidade Velha, destaque para a Igreja de Nossa Senhora de Tyn. O monumental templo, em estilo gótico, é ícone na capital tcheca (foto: carlos altman/em/d.a press)
 

A Praça da Cidade Velha é palco dos principais eventos e ponto de partida para explorar a cidade, pois, além de abrigar construções importantes, é um famoso ponto de encontro rodeado de restaurantes, bares e barraquinhas que vendem comida, cerveja local e lembrancinhas. Lembrando que, no local, ainda se encontram duas belas igrejas: a de São Nicolas, do século 18, onde ocorrem vários concertos de música clássica, e também a Igreja de Nossa Senhora de Tyn, provavelmente a mais fotografada, por ser considerada um dos templos mais bonitos de Praga.
 
O prédio da Câmara Municipal e antiga Prefeitura da Cidade Velha é o monumento histórico do Centro de Praga. Surgiu no século 14, após a compra sucessiva de várias casas e a sua congregação numa única unidade. Hoje é constituída por um conjunto de cinco casas históricas, que contêm elementos de quase todos os períodos. Ao visitar o local, não deixe de admirar a torre gótica que abriga o famoso relógio do século 14. No topo, foi construída uma torre vigia para o guarda, que a partir dela observava os arredores e, em caso de perigo, dava o sinal à cidade. A sua plataforma panorâmica oferece hoje a melhor vista da cidade.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade