Publicidade

Estado de Minas RIO DE JANEIRO

Prepare-se para a contagem regressiva do réveillon no Rio de Janeiro

Queima de fogos em Copacabana terá este ano 14 minutos de duração. Cerca 16,9 toneladas de fogos, prometem emocionar os mais de 2,8 milhões de visitantes na charmosa praia do Rio


postado em 17/12/2019 04:00 / atualizado em 17/12/2019 17:05

Praia de Copacabana é o principal destino dos moradores e turistas durante o réveillon na capital fluminense(foto: MAURO PIMENTEL/AFP)
Praia de Copacabana é o principal destino dos moradores e turistas durante o réveillon na capital fluminense (foto: MAURO PIMENTEL/AFP)
 
Os preparativos para o réveillon de Copacabana, no Rio de Janeiro, considerado o mais famoso do Brasil e um dos maiores do mundo, já estão a todo vapor. Neste ano, a prefeitura da cidade espera que mais de 2,8 milhões de pessoas se reúnam na orla da praia para celebrar a chegada de 2020. O tema da festa, Amor a cada vista, está relacionado à beleza natural e arquitetônica da Cidade Maravilhosa, que, no próximo ano, será a primeira Capital Mundial da Arquitetura, título concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA).
 

A tradicional queima de fogos em Copacabana terá 14 minutos de duração. O espetáculo pirotécnico contará com trilha sonora sincronizada e começará, claro, à meia-noite. Serão 10 balsas, com 16,9 toneladas de fogos com bombas de alto, médio e baixo calibres, além de artefatos inéditos. Apesar do clima de alegria, uma polêmica marcou os preparativos para a grande festa: é que o prefeito carioca, Marcelo Crivella, confirmou que o Gospel será, pela primeira vez, um dos ritmos do réveillon e convidou a cantora Anayle Sullivan para a noite de apresentações. Além dela, estão confirmados o violinista Allyrio Mello, os sambistas Diogo Nogueira e Ferrugem, o DJ Marlboro e a escola de samba da Mangueira.
 
O sambista carioca Diogo Nogueira será uma das atrações no Show da Virada
O sambista carioca Diogo Nogueira será uma das atrações no Show da Virada
 
A estrutura da festa terá sete telões para que o público possa acompanhar os shows, além de 16 torres de comunicação com sonorização, 800 banheiros químicos, quatro postos médicos e 30 torres da Polícia Militar. Outros oito palcos serão distribuídos em diferentes bairros do Rio de Janeiro, localizados no Flamengo, com direito a queima de fogos disparados de três balsas, Ilha de Paquetá, Ilha do Governador, Parque de Madureira, Sepetiba, Guaratiba, Piscinão de Ramos e Penha. Já na Barra da Tijuca, serão 12 pontos de queima de fogos, com duração de 5 a 15 minutos.
 
Rituais das religiões de matriz africana celebram a chegada do novo ano nas areias da orla carioca(foto: Daniel RAMALHO/AFP)
Rituais das religiões de matriz africana celebram a chegada do novo ano nas areias da orla carioca (foto: Daniel RAMALHO/AFP)
 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade