Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Lugares preferidos dos mineiros


postado em 09/07/2019 04:07

Aprecie o pôr do sol na travessia de balsa entre Porto Seguro e Arraial d%u2019Ajuda(foto: Carlos Altman/EM/D.A Prees)
Aprecie o pôr do sol na travessia de balsa entre Porto Seguro e Arraial d%u2019Ajuda (foto: Carlos Altman/EM/D.A Prees)

Porto Seguro

Não foi à toa que os portugueses se encantaram ao avistar a região de Porto Seguro, no Sul da Bahia. Mais de 500 anos após o descobrimento do Brasil por Cabral, as belezas naturais da cidade ainda provocam impacto nos visitantes. São quilômetros de falésias coloridas a perder de vista, recifes de corais, vegetação de mata atlântica. Localizada na Costa do Descobrimento, a cidade baiana é, literalmente, um porto seguro de refúgio e prazer, sem abrir mão da aventura e diversão. A fama de cidade animada já correu o mundo e chama a atenção de grupos de jovens, principalmente estudantes do ensino médio que escolhem o paraíso como destino de formatura. Também pudera, eles se acabam no agito 24 horas por dia dos beach clubes.Para quem quer fugir dos inferninhos das baladas de axé e da famosa Passarela do Álcool, as opções são os recantos de paz e tranquilidade nas charmosas praias de Arraial d´Ajuda, Trancoso e Santa Cruz Cabrália. Porto Seguro guarda com carinho suas riquezas culturais e arquitetônicas que lhe renderam os títulos de patrimônio histórico nacional e de patrimônio natural da humanidade. No quesito praias, a cidade oferece uma boa gama de ofertas, todas com piscinas naturais de águas mornas, perfeitas para repor as energias. Entre elas, a tranquila Curuípe e a agitada Mundaí, ambas com estrutura de barracas. Mas nem só de praia, burburinho e história vive Porto Seguro. A cidade oferece ainda um comércio variado na Passarela do Descobrimento, um verdadeiro shopping a céu aberto que reúne lojas, bares e restaurantes com sabores típicos da Bahia.
 
Maceió
 
Quem visita Maceió e arredores tem diante de si um dos mais belos cenários naturais do planeta, conhecido como Caribe Brasileiro por conta de suas águas cristalinas de azul-turquesa que enchem os olhos e a alma de emoção. Realmente, a capital alagoana é de arrepiar. Nenhum dos 40 quilômetros de praias da cidade nordestina consegue desapontar o visitante. São refúgios de águas transparentes, com piscinas naturais e areias douradas emolduradas por imensas manchas verdes, formadas ora por coqueirais, ora por fazendas de cana-de-açúcar. Os litorais norte e sul, repletos de cenários encantadores, garantem aos turistas passeios variados tanto nas praias centrais na capital alagoana quanto nas mais afastadas. Pajuçara é ponto de partida das jangadas que levam às piscinas naturais mais visitadas da cidade. Já o polo gastronômico da capital nasceu na Jatiúca, a primeira praia a ganhar destaque nos guias de turismo da região. Hoje, por toda a orla, encontram-se restaurantes e quiosques com uma grande variedade de opções. Da culinária regional – regada a frutos do mar, das lagoas e dos rios – aos pratos com sotaque francês, passando pelos japoneses e até peruanos, há restaurantes para todos os gostos.Rumo ao litoral sul de Alagoas, o visitante se deslumbra com a Barra de São Miguel e a Praia do Gunga: cartão-postal alagoano dentro de uma fazenda de coqueiros banhada por águas calmas. Também rumo à divisa com Sergipe se encontra Penedo, uma bucólica cidade histórica às margens do Rio São Francisco. Dali é fácil partir para a foz do Velho Chico e apreciar o encontro de suas águas com o mar, rodeado por imensas dunas douradas. No sentido oposto, em especial a Costa dos Corais, ao norte, com suas praias espetacularmente desertas e acessíveis pela estrada emoldurada por coqueirais, estão São Miguel dos Milagres e Maragogi –paraíso que abriga a segunda maior barreira de corais. 
 
Natal

O melhor de tudo é que, enquanto as baixas temperaturas predominam na maior parte do país nesta época do ano, em Natal, a temperatura mínima fica em torno de 20 graus e os mineiros gostam. Deixam o tradicional pão de queijo para comer um delicioso camarão. E opções não faltam na capital do Rio Grande do Norte – entre os passeios por dunas douradas, banhos relaxantes em rios e praias. Lugar imperdível que precisa entrar no roteiro turístico é a Praia de Genipabu. Localizada no litoral norte, a 24 quilômetros de Natal, é um dos cartões-postais mais famosos do Rio Grande do Norte. E para quem gosta de aventura, não pode perder os tradicionais passeios de bugy pelas dunas. “Com emoção ou sem emoção?”, pergunta o motorista aos que embarcam no veículo. O turista se depara com um “deserto” de areias claras, cenário ótimo para fazer muitas fotos. Por lá, ainda há a opção de fazer um passeio em dromedários e visitar o Aquário Natal. E para os casais apaixonados, a Praia de Pipa, localizada no município de Tibau do Sul, a 85 quilômetros de Natal, é um roteiro perfeito á la lua de mel. No passado, o local era apenas uma sossegada vila de pescadores até ser tomado por surfistas em busca de ondas radicais e, logo, por turistas de todos os cantos do mundo. Um lugar que oferece cenário fascinante, com dunas sobrepostas no horizonte, tabuleiros que acabam em falésias, praias com águas claras, além de roteiro de passeios de tirar o fôlego. 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade