Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Promoção da culinária local

Festa do vinho conta com pratos confeccionados pelos próprios moradores da cidade


postado em 14/05/2019 05:10

Programa Harmonize com Jabuticaba incentiva o consumo do vinho e a geração de renda por meio do turismo gastronômico(foto: Lucas Nishimoto/Divulgação)
Programa Harmonize com Jabuticaba incentiva o consumo do vinho e a geração de renda por meio do turismo gastronômico (foto: Lucas Nishimoto/Divulgação)

Na bela paisagem, onde ocorreu parte das gravações da minissérie Se eu fechar os olhos agora, a cidade de Catas Altas celebra, de 17 a 19 de maio, na Praça Monsenhor Mendes, o lançamento do programa Harmonize com Jabuticaba, que incentiva o consumo do vinho e a geração de renda por meio do turismo gastronômico. Em fevereiro deste ano, a prefeitura, em parceria com o Senac Minas, lançou o projeto “Turismo em Alta – Capacitando para o futuro”, que tem como objetivo a profissionalização e desenvolvimento do turismo local.
Os moradores que foram capacitados venderão os produtos que aprenderam a confeccionar. “A 19ª edição da festa do vinho ofertará pratos feitos pelos moradores com suporte de chefs do Senac e, detalhe, todos os pratos têm como ingrediente a jabuticaba”, explica o assessor de imprensa da prefeitura, Miguel Sá.

TURISMO E CULTURA O Senac desenvolve desde 2013 o programa Primórdios da Culinária Mineira na região, com parceria de instituições como o Santuário do Caraça e a Universidade Federal de Viçosa. Porém, com o aumento do turismo, a prefeitura de Catas Altas e o Senac lançaram projetos de capacitação dos moradores para serviços como hotelaria e gastronomia para qualificar o turismo local. “O Senac é um parceiro da região há anos. Desenvolver programas que promovem a culinária é essencial, pois ela também é retrato da nossa cultura”, afirma Miguel Sá.
De acordo com a consultora técnica em gastronomia do Senac Minas, Vani Pedrosa, a parceria entre a prefeitura e o Senac nesta edição da festa do vinho dará mais qualidade ao evento. “A parceria começou em 2018 e foi lançada agora, em 2019. Nesse período, foram 21 capacitações. Com isso, o visitante vai se deparar com uma festa mais completa”,explica.
A festa terá um foco diferente, ao contrário dos outros anos que contava com apresentações. Este ano, será para mostrar as maravilhas que a cidade tem a oferecer. “Em vez de focar em artista, vamos focar nos produtos que os moradores produzem. Terá a presença de artistas, mas de menor porte”, adianta Miguel Sá. Os moradores também estão animados com o evento, como Vaneide Alexandrino, que aprendeu bastante com o projeto Harmonize com Jabuticaba. “Catas Altas é uma cidade tranquila, festiva, sempre que posso, gosto de representar meus produtos, que, também, fazem parte da cultura local. E, por meio desse programa do Senac, entendi o que é harmonizar, consegui desenvolver pratos, vi que posso melhorar muito meu trabalho e acreditar que sou capaz”, conta.
Ela também aproveitou para explicar um pouco sobre o produto que irá expor no evento: um prato com ingredientes típicos da região. “Na festa, meu prato principal é a pérola negra, que é uma almôndega de carne com recheio de queijo, compota da jabuticaba e molho de tomate caseiro acompanhada de purê de mandioca-da-terra. O prato é bastante sofisticado. Aproveito também para agradecer ao Senac por essa oportunidade, estou ansiosa para chegar o dia e mostrar o prato aos visitantes e moradores”, afirma Vaneide Alexandrino.

* Estagiária sob a supervisão da editora Teresa Caram


Publicidade