Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Igreja do Bonfim


postado em 23/04/2019 06:25


Quem já visitou a Bahia sabe que as fitinhas do Senhor do Bonfim estão por todas as partes, sendo vendidas para turistas nos principais pontos da cidade: é um amuleto típico da capital, Salvador. É muito comum que quem recebe a fitinha a amarre no pulso, no tornozelo ou até em portões de igrejas. Reza a tradição que o uso das fitas vem do antigo costume de utilizar tiras de roupas de santos para sorte ou proteção. Ainda de acordo com a crença popular, a fita do Bonfim deve ser envolvida com duas voltas no pulso esquerdo e ser atada com três nós, cada um correspondendo a um pedido feito em silêncio. Esses pedidos serão realizados quando a fita se romper espontaneamente. Sob o gradil da Igreja do Bonfim, em Salvador, estão amarradas muitas fitas, principalmente como uma lembrança e um atestado de visita que o devoto ou o turista tenha realizado àquele local. Além de buscar a fitinha para realizar pedidos ou fazer promessas, Salvador é um local onde o turista pode passear bastante. A atração mais conhecida é o Pelourinho. Patrimônio da humanidade, esse centro histórico de Salvador reúne igrejas dos séculos 17 e 18, além de casarões que abrigam ateliês, lojas, museus, centros culturais, bares e restaurantes. Pelas ruas, dá para apreciar as construções em estilo barroco português. A dica é não circular fora da região turística, já que algumas vielas podem ser perigosas. O Farol da Barra também é um clássico ponto da capital da Bahia.


Fonte do amor


Gramado é uma cidade naturalmente romântica. Baseada na famosa Fontana di Trevi, na Itália, a Fonte do Amor na cidade gaúcha reúne diversos apaixonados em um dos mais belos pontos turísticos locais. Localizada entre a Igreja Matriz São Pedro e o Boulevard São Pedro, a fonte chama a atenção pela quantidade de cadeados coloridos que criam um cenário de charme. Conhecida como “Fonte do amor eterno”, os cadeados são os principais objetos para representar esse ritual dos casais apaixonados que eternizam sua passagem por ali ao fechar o cadeado e jogar a chave na fonte. Esses cadeados são facilmente encontrados em lojinhas próximas à fonte, onde também existem locais para customizar os objetos e até mesmo gravar os nomes. Os solteiros não ficam de fora: podem jogar uma moeda na fonte fazendo um pedido. A arquitetura charmosa e as belas paisagens da Serra Gaúcha dão um charme especial à cidade. Gramado se parece muito com uma cidade cenográfica por conta do clima frio e do ambiente que lembra a Europa. Os cafés, vinhos e chocolates também são responsáveis por atrair turistas. A Rua Coberta é um dos pontos turísticos mais famosos de Gramado. Chamada originalmente de Rua Madre Verônica, o local ganhou cobertura com várias plantas pendentes e é um lugar ótimo para ir várias vezes durante a viagem para tomar um chocolate quente. O Lago Negro é um ponto para quem quer fazer um passeio tranquilo. Cercado por árvores e arbustos de hortênsias, dá para alugar um pedalinho para circular o lago em um programa divertido com a família ou entre um casal romântico. Final de novembro e início de dezembro é a época da florada das hortênsias, deixando o lago cercado por várias flores azuis e roxas.


* Estagiária sob supervisão de Taís Braga

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade