Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Férias seguras

Apesar de alguns países da América Latina não exigirem seguro viagem para brasileiros, é importante ficar atento para evitar problemas


postado em 15/01/2019 05:05

 

 

As férias são a melhor época para viajar com a família, com os amigos ou sozinho. Levantamento feito pela Max Milhas, plataforma que vende passagens aéreas com desconto, e a ComparaOnline, marketplace de seguros e créditos, aponta que a maior procura dos brasileiros por bilhetes aéreos na América Latina este mês tem sido para Chile, Argentina e Peru.
Apesar de serem locais que não têm obrigatoriedade de contratação de seguro viagem para brasileiros, esses países têm suas particularidades no que diz respeito à saúde e isso faz com que os turistas precisem de atenção e cuidados especiais para evitar problemas desnecessários. No Peru, por exemplo, para quem for viajar para a região da selva amazônica é recomendada a vacina contra a malária, pois ainda que existam poucos casos registrados no país, há risco de os turistas contraírem a doença.


Já no Chile, o viajante não terá problemas com doenças desse tipo, mas é importante investir no seguro-viagem, pois caso precise utilizar os serviços de saúde privada, os valores são bem elevados. Sendo assim, por mais que sejam casos muito pontuais e menos prováveis, é aconselhável que os turistas estejam sempre precavidos quando se trata da saúde de cada um.


“Sabemos que cada destino tem sua particularidade quanto aos cuidados com a saúde. Além disso, qualquer pessoa está sujeita a sofrer um acidente ou ter algum outro problema inesperado. É preciso pensar que, além de cobrir as despesas médicas, o seguro permitirá mais comodidade e segurança ao turista, para que a viagem possa terminar de maneira agradável, sem muitas intercorrências”, explica Paulo Marchetti, CEO da ComparaOnline.


O CEO e cofundador da MaxMilhas, Max Oliveira, observa que novos players começaram a operar nessas rotas, estimulando o turismo nesses países. “A maior disponibilidade de voos se refletiu também nas ofertas de passagens emitidas pelos programas de fidelidade e, consequentemente, nos preços mais competitivos”, afirma.

Aliado do viajante Muitas vezes, os viajantes se deparam com a obrigatoriedade da contratação do seguro viagem para alguns destinos, como, por exemplo, os países que aderiram ao Tratado de Schengen, na Europa. Mas, na hora de adquirir, surge aquela dúvida: “O que é o seguro viagem, como ele funciona e qual é a sua importância?”. Mario Rolim Almeida, gerente de marketing da Allianz Travel, responde às dúvidas.

O que é o seguro viagem? É um produto que proporciona proteção e segurança quando ocorrer contratempos durante uma viagem, evitando gastos extras ou dores de cabeça com situações inesperadas. O seguro viagem é um aliado antes mesmo da viagem. Por exemplo, caso haja necessidade de cancelamento ou remarcação da viagem, seja por mudança de emprego, perda de documento, se ocorrido dentro dos 15 dias antes da partida ou conexões do itinerário ou acidente a caminho do embarque, o seguro poderá reembolsar até 80% das despesas geradas por multas de cancelamento ou remarcação de passagens ou pacotes turísticos, que não forem reembolsadas pela companhia aérea ou agência de viagem, por meio da cobertura de cancelamento por diversas causas. Além disso, o segurado conta com coberturas de despesas médicas e hospitalares em caso de acidente ou enfermidade durante sua viagem em um país estrangeiro.

Como funciona? O cliente do seguro viagem pode contar com atendimento 24 horas, sete dias por semana. Nossos analistas estão treinados para auxiliar nas situações emergenciais e para dar instruções para o viajante, independentemente de onde ele estiver. Para acionar o seguro viagem, basta que o segurado entre em contato com nossa Central de Atendimento, sempre que precisar de atendimento médico ou se depare com algum outro evento coberto por sua apólice de seguro.

Qual é a importância dele? O seguro viagem, além de ser um grande aliado nos momentos de imprevistos, é obrigatório em países que aderiram ao Tratado de Schengen (como Itália, Alemanha, Portugal e outros 23 países europeus). Além disso, o seguro evita gastos extraordinários com saúde durante a viagem. Por exemplo, nos Estados Unidos, uma simples consulta médica pode chegar a US$ 800. Com o seguro viagem, caso o segurado necessite utilizar o serviço, conforme condições do seguro contratado, esse valor poderá ser ressarcido pela seguradora, o que evitaria um grande – e nada agradável – prejuízo na viagem.


Publicidade