Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Em cima da hora

Apenas 17% dos brasileiros já estão com viagem marcada para as férias de verão,enquanto quase metade ainda não começou a se planejar para a próxima estação


postado em 27/11/2018 05:19


O costume do brasileiro de deixar a programação de férias para a última hora foi comprovado pela pesquisa da Booking.com. De acordo com o último levantamento realizado pela empresa, apenas 17% dos viajantes brasileiros afirmam que já estão com tudo planejado para as férias de verão, inclusive com viagem marcada e comprada, enquanto quase a metade (48%) ainda não começou a planejar o que fazer na próxima estação.

Apesar de não se preocupar em planejar com antecedência a viagem, 48% dos brasileiros preferem  viajar no verão, conforme aponta o levantamento. Esse número aumenta para 56% na faixa etária entre 18 e 24 anos. Os motivos mais alegados pelos entrevistados para a escolha dessa estação para viajar são “menos trabalho e mais disponibilidade” (49%), “as pessoas estão mais disponíveis para me acompanhar” (38%) e “época de férias escolares e quando posso viajar com meus filhos” (31%).

Gerente de comunicação da Booking.com para a América Latina, Luiz Cegato diz que a pesquisa reforça o perfil de um viajante que tem se adaptado cada vez mais ao cenário atual. “Os brasileiros amam viajar e fazem de tudo um pouco para que tenham ao menos uma oportunidade de conhecer um destino novo ou revisitar algum lugar com amigos e familiares. Eles avaliam um conjunto de fatores e organizam suas viagens em cima disso, fazendo com que, às vezes, haja uma maior flexibilidade e, por isso, menos planejamento com antecedência”, afirma.

VIAGENS MAIS CURTAS
Outro dado da pesquisa da Booking.com aponta que 55% dos brasileiros farão viagens de até 10 dias, enquanto 25% pretendem ficar menos tempo. Já os viajantes mais velhos e de classes mais altas (31%) passarão mais de 11 dias fora de casa. Segundo o levantamento, 92% dos viajantes brasileiros se informam em sites de busca de acomodação e 57% já usaram app para reservar uma acomodação. Mais de dois terços dos viajantes brasileiros (69%) consideram a hospedagem como fator muito importante para a satisfação geral da viagem, e cerca de oito em cada 10 viajantes usam fotos das acomodações como fonte de informação para planejar as viagens de férias.

O hotel ainda é o tipo de hospedagem mais utilizada (54%) pelos viajantes brasileiros, mas 48% estão abertos a hospedagens alternativas, como pousadas, albergues, casas e apartamentos. Segundo o levantamento, pouco mais de um quarto dos entrevistados (26%) costuma ficar em pousadas, 14% em casa ou apartamento alugados, 4% costumam usar hostels durante as férias de verão, e apenas 2% utilizam campings.

Além disso, a pesquisa mostra que mais de três quartos (79%) vão viajar para destinos domésticos, sendo a maioria (53%) para fora de seus estados. O Nordeste ainda é o grande sonho do brasileiro. Mais da metade (60%) dos viajantes do país citam as praias da região como destino preferido.

“O verão é o momento principal de viagens do brasileiro e nós vivemos em um país de dimensões continentais, que tem muito a oferecer em todas as regiões, para todos os gostos e idades, com diferentes ofertas até mesmo no tipo de acomodação a ser escolhida. Não à toa, a busca por destinos domésticos é bastante significativa, com destaque para os locais de praia, que é outra paixão do viajante brasileiro”, afirma Luiz Cegato.

A pesquisa sobre o comportamento do viajante brasileiro durante as férias de verão foi realizada com 1.018 pessoas nas cinco regiões do país.


Publicidade