Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

Por terras de Santa Maria


postado em 06/11/2018 05:08

Castelo de Santa Maria da Feira %u2013 A obra que resistiu ao tempo(foto: Rui Souto e Castro/ Oficina da Imagem/divulgação)
Castelo de Santa Maria da Feira %u2013 A obra que resistiu ao tempo (foto: Rui Souto e Castro/ Oficina da Imagem/divulgação)

Portugal é um dos países culturalmente mais ricos do mundo devido à qualidade dos seus monumentos e também à sua longa história. E os seus castelos, erguidos na Idade Média, espalhados por prados verdes e rochosas colinas, beira de rio ou mar, testemunham essa grandeza e simbolizam a luta pela pátria.


Construídos de norte a sul para defender as fronteiras nacionais contra os espanhóis e os mouros, hoje encantam pela beleza e imponência, e suas estruturas arquitetônicas nos fazem compreender o quão difícil foi construir esse país. São lugares espetaculares com belas vistas panorâmicas e cheios de lendas, onde temos a oportunidade de libertar nossa imaginação numa jornada rumo ao passado lusitano.


O imponente Castelo de Santa Maria da Feira, construído no início do século 11, localizado na Região Norte do país, no distrito de Aveiro, é uma das obras mais emblemáticas da arquitetura militar medieval portuguesa. Diz a tradição que o Castelo da Feira se ergue no local de um templo indígena dedicado ao Deus Bandeveluco – Toiraeco, tendo também existido no local um Castro Romano.


A partir de 1117, desenvolveu-se ali um dos mais importantes mercados de Portugal, recebendo o nome Civitas Sanctae Mariae, onde eram vendidos variados produtos, começando-se a chamar a este mercado “Feria”, denominação que se estendeu dando origem à atual cidade de Santa Maria da Feira.


A sua história remonta à fase da Reconquista Cristã e início da conquista de autonomia do Condado Portucalense, representando para o país um símbolo de identidade nacional. Já a estrutura arquitetônica do edifício reflete um longo processo evolutivo de sucessivas transformações e adaptações – primeiro como fortificação com caráter essencialmente militar e depois como residência senhorial dos Condes da Feira.


Portanto, ao visitar Portugal, para começar da melhor forma sua aventura, conheça o Castelo de Santa Maria da Feira. Essa fantástica obra, rodeada por árvores centenárias e muralhas medievais, é um símbolo da idade média e está preparada para desempenhar as funções de Polo Cultural na vasta região em que se insere e que constituía, outrora, uma região denominada Terra de Santa Maria.


Graças a fortes intervenções de conservação por parte da Comissão de Vigilância do Castelo de Santa Maria da Feira, em parceria com várias entidades estatais e apoios de fundos comunitários, esse monumento se encontra em ótimas condições e tem o potencial de despertar em cada um de nós um mundo de criação dentro de um cenário real.


Publicidade