Publicidade

Estado de Minas

Pesquisa propõe a volta do gênero Brontosaurus


postado em 22/04/2015 06:00 / atualizado em 22/04/2015 11:46

Para leigos, ele sempre foi um dinossauro único. Um dos mais famosos, por sinal. Mas, para especialistas, a classificação do brontossauro não era tão simples assim. Desde 1903, a comunidade científica acreditava que o gênero Brontosaurus era na verdade o Apatosaurus. O primeiro, portanto, seria apenas uma espécie do segundo, a Apatosaurus excelsus. Mas agora, um exaustivo estudo fornece evidências – conclusivas, segundo os autores – de que os dois dinos pertencem a gêneros diferentes.

A história do brontossauro é complexa. Nos anos 1870, uma variedade de fósseis foi encontrada no Oeste dos EUA, incluindo dois esqueletos parciais de dinossauros de pescoço comprido. Um deles foi classificado como Apatosaurus ajax. Dois anos depois, o mesmo paleontologista, Othniel Marsh, batizou o segundo esqueleto de Brontosaurus excelsus. Como o crânio de nenhuma das ossadas havia sido encontrado, Marsh reconstruiu um para o B. excelsus, tomando como base a cabeça do Camarasaurus, outro dinossauro gigantesco e de pescoço comprido.

Após a morte de Marsh, uma equipe do Field Museum, em Chicago, encontrou outro esqueleto similar ao A. ajax e ao B. excelsus, o que os levou a concluir que todos eram muito parecidos e pertencentes a um só gênero, tornando o nome brontossauro cientificamente inválido. O golpe final veio nos anos 1970, quando pesquisadores mostraram que os Apatosaurus não eram parentes próximos do Camarasaurus, mas do Diplodocus. Assim, o crânio das espécies de Apatosaurus passou a ser imaginado de forma diferente, mais comprida, como a de um cavalo.

O novo estudo, publicado na revista PeerJ, propõe uma reviravolta na história, trazendo de volta o gênero Brontosaurus. Para isso, os pesquisadores reuniram mais de 300 páginas de evidência. Segundo Emanuel Tschopp, da Universidade Nova de Lisboa, a conclusão se baseia em fósseis descobertos recentemente.

Após realizar uma série de cálculos, incluindo os novos fósseis, o grupo de cientistas ficou surpreso ao encontrar diferenças significativas entre os dois gêneros. Eles destacaram que o brontossauro não é simplesmente uma espécie diferente de Apatosaurus, mas um animal de outro gênero. A classificação feita por Othniel Marsh no século 19, afinal, é válida.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade