Publicidade

Estado de Minas

Entrevista - Novidades para o Brasil


postado em 28/07/2011 11:32

Edson Paiva - Diretor de vendas da Amdocs para a América Latina

O que o Connected Home traz de diferente para o mercado de automação?
Utilizando um único ponto de acesso, podemos conectar todos os dispositivos para automação da casa: energia e gás, saúde, segurança e os aparelhos multimídia. O cliente adiciona os dispositivos — atualmente há 70 homologados — de acordo com o plano contratado ou por livre demanda.

O serviço utiliza a computação em nuvem. Essa tecnologia representa o futuro da automação residencial?
Sim. Considerando que a inteligência está na nuvem, em uma eventual necessidade de upgrade, correção de falhas ou aplicações adicionais, o procedimento é realizado uma única vez e atinge todos os usuários que precisam. O controle e perfil dos serviços ativados ou alterados pode ser feito remotamente.

Por utilizar uma tecnologia mais simples e acessível, os custos também serão menores?
Sim, mas vai depender sempre da estratégia de cada operadora, pacotes de ofertas disponibilizados para o usuário e acessórios/serviços demandados.

Quando o sistema estará disponível no Brasil?
O Connected Home deve começar a funcionar no país no primeiro semestre de 2012.

  • Tags
  • #

Publicidade