Publicidade

Estado de Minas

Cartas no Mango

Integração mais completa com as mídias sociais e nova abordagem para aplicativos são as grandes apostas da Microsoft para incomodar a concorrência


postado em 26/05/2011 11:21 / atualizado em 26/05/2011 11:26

São Paulo – A responsabilidade da nova versão do Windows Phone não é pequena, diante de um mercado estratosférico; no primeiro trimestre deste ano, o segmento de smartphones cresceu 85%, chegando ao total de 100,8 milhões de aparelhos. A principal tarefa do Mango é diminuir a distância entre o Windows Phone (com parcos 3,3% do mercado) e do Android, o sistema que mais cresce entre dispositivos móveis – e abocanhou fatia de 36% das unidades vendidas no primeiro trimestre deste ano, segundo a consultoria Gartner.

Para isso, a principal aposta técnica é em nova abordagem para centralização de contatos. Com a profusão de senhas, contas em Facebooks, Twitters e todas as novas mídias sociais que agitam o mundo geek a cada semana, difícil mesmo é acompanhar essas diferentes formas de comunicação. O resultado é interação fragmentada, com as pessoas tendo de pular de um serviço para o outro de maneira pouco prática e intuitiva.

A principal sacada do Mango é centralizar ligações, e-mails, mensagens instantâneas, atualizações de status, tweets, check-ins e postagens diversas. Fica tudo disposto a partir das pessoas e dos grupos em que você as organiza. Diretamente na tela inicial, é possível enviar um e-mail rápido (mensagem multimídia ou contato no Live Messenger também valem) para todo um grupo. Em uma mesma conversa, via Windows Live Messenger, é fácil alternar entre mensagens de texto, chat do Facebook e mensagens instantâneas.

Assim, o novo sistema promete integração mais completa com mídias sociais. Os feeds do Twitter e do LinkedIn passam a ser integrados em cartões de contato, embutidos nos check-ins do Facebook e em novo app de detecção de rostos que facilita a marcação de fotos e postagens na web. Subiu a foto, o sistema já sabe quem é a figura em quadro, se ela estiver entre seus contatos. Transitar entre diferentes contas de e-mail também vai ser tarefa simplificada, com uma única caixa de correio vinculada. O suporte de voz-para-texto substitui digitalmente os datilógrafos do século passado: é só falar que o sistema digita as mensagens de texto e o dono do telefone nem precisa usar as mãos. Isso é realmente incrível.

Outra promessa do Mango é desafiar a maneira de pensar sobre os aplicativos (apps). Hoje, a utilidade é medida por aquilo que pode ser feito com eles, mas na visão da Microsoft o barato das aplicações tem mais a ver com a forma como ela pode se integrar diretamente às experiências mais básicas do telefone. Recurso batizado de App Conect pretende conectar aplicativos e resultados de busca ao chamado Windows Phone Hubs, espécie de central capaz de determinar quais apps podem ser mais úteis para determinado tipo de pessoa – a partir dos resultados das buscas no aparelho.

A integração ainda inclui música, vídeos e imagens, permitindo que os apps venham à tona quando e onde forem adequados – em vez de aparecerem somente em buscas no Marketplace. A ferramenta pode sacudir o hábito pouco produtivo de sair fuçando na loja de aplicativos em busca do app ideal. O App Conect funciona integrado ao Marketplace, tanto para apps já instalados quanto para sugestões de downloads. "É possível achar aplicações que se precisa de maneira mais intuitiva, além de permitir updates pros apps, sem precisar abrir um por um", destaca Kevin Turner, diretor executivo de operações da Microsoft.

Incrementar a web com capacidades exclusivas do telefone – como reconhecimento de geolocalização, câmera e acesso a apps é outra promessa relativa ao Mango. O Internet Explorer 9 vem turbinado com recurso chamado Placas, que permite à pessoa que estiver pesquisando um produto, filme, evento ou local visualizar resumo rápido das informações mais importantes. "Os browsers de celular normalmente não fazem uso do chip gráfico dos telefones para acessar gráficos de forma mais rápida. No caso do Mango, o mesmo iE9 que suporta esses gráficos no PC vai funcionar no telefone, além do suporte ao Html 5", diz Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor de consumo & on-line da Microsoft Brasil.

Parceria
Os apps do Marketplace somam hoje 17 mil programas que rodam em cerca de 10 dispositivos baseados em Windows Phone. A nova parceria da Microsoft com a Nokia deve ser definidora de crescimento para a plataforma. A participação da Nokia no mercado de smartphones caiu de 30,6%, no primeiro trimestre do ano passado, para 25,1% neste ano, mas continua sendo parcela significativa do total.

*O repórter viajou a convite da Microsoft

  • Tags
  • #

receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade