Publicidade

Estado de Minas Série B

Cruzeiro goleia o líder Coritiba

Time celeste vence por 3 a 0, no melhor jogo da temporada, com dois gols em 10 min e Fábio defendendo pênalti. Equipe mantém o sonho do acesso


09/10/2021 04:00



Na melhor apresentação na temporada, o Cruzeiro goleou o Coritiba, líder da Série B do Campeonato Brasileiro, por 3 a 0, na noite de ontem, no Estádio Couto Pereira, pela 29ª rodada. Com isso, se distancia ainda mais da zona de rebaixamento e mantém acesa a esperança do acesso à Primeira Divisão, ainda que as chances sejam mínimas. Para garantir a vaga, tem de ganhar os nove jogos que faltam.

Giovanni e Adriano no primeiro e Eduardo Brock no segundo marcaram os gols da Raposa, que chegou à segunda vitória seguida. Assim, ganha embalo para pegar o vice-líder Botafogo, que ontem bateu o CRB por 2 a 0, no Rio. O jogo será terça-feira, às 21h30, no Independência. Já na sexta-feira, o adversário será o terceiro colocado, Avaí, em Florianópolis.
 
 
.
O volante Adriano comemora o segundo dos três gols marcados pelos cruzeirenses na noite de ontem em Curitiba (foto: Du Caneppele/O Fotográfico/Estadão Conteúdo)
 
Mas o importante é que o time parece ter mudado a postura em campo. Mesmo ainda com salários atrasados, há maior organização, pois empenho nunca faltou. “A gente tem sempre que entrar e honrar a camisa do Cruzeiro, independentemente das adversidades, do adversário. O Cruzeiro é gigante, e independentemente de tudo que aconteceu dentro da temporada, desde o Campeonato Mineiro, a gente vem se dedicando, trabalhando, e a chegada do (técnico) Vanderlei Luxemburgo foi crucial para que a gente pudesse ter mais confiança, uma equipe mais consistente”, argumenta o goleiro Fábio, que pegou pênalti cobrado por Leo Gamalho quando o jogo já estava 3 a 0.

O resultado foi possível pelo início arrasador da equipe celeste. Com 2min já tinha conquistado dois escanteios e depois do segundo deles, a defesa afastou mal, Vítor Leque conseguiu acionar Giovanni e o armador acertou belo chute rasteiro da entrada da área. Quatro minutos depois saiu o segundo. Vítor Leque cruzou da direita e o volante Adriano, aparecendo como centroavante, pegou de primeira para vencer o goleiro Wilson. Nem o mais otimista cruzeirense parecia acreditar.

Em mais um escanteio, aos 15min, Giovanni bateu fechado e só não fez o gol olímpico porque Wilson socou a bola. Três minutos mais tarde foi a vez de Thiago escapar pela direita e bater cruzado, com perigo, para fora. Os donos da casa tentaram diminuir o prejuízo, mas mostraram não estar com a pontaria calibrada. Como fez William Farias aos 12min. Ou Rafinha aos 20min. Ambos para fora. No contra-ataque, aos 26min, o Cruzeiro quase fez o terceiro. Giovanni, porém, dessa vez bateu para fora.

Na sequência, Fábio teve de trabalhar duas vezes. Primeiro pegou a cabeçada fraca de Luciano Castán. Pouco depois, Willian Farias bateu colocado e o goleiro celeste desviou pela linha de fundo. Já aos 31min ele pegou firme cobrança de falta rasteira de Val.

Mais emoção 

Os donos da casa voltaram para o segundo tempo mais animados e tentando pressionar. Os mineiros, porém, souberam se segurar na defesa. Como aos 6min, quando Leo Gamalho foi travado no momento da conclusão dentro da área. Quando saiu para o ataque, o Cruzeiro ampliou. Aos 15min, Giovanni cobrou escanteio na esquerda e colocou na cabeça de Eduardo Brock.

Aos 19min, Leo Gamalho conseguiu cabecear, mas a bola bateu no braço de Ramon. Depois de consultar o VAR, o árbitro Mariélson Alves Silva marcou pênalti. Mas Fábio se agigantou e pegou a cobrança do camisa 9 com o pé, no meio do gol. Já aos 44min os dois times tiveram chance. Primeiro o Cruzeiro, com Thiago, que teve a chance de finalizar na área, mas preferiu recuar para Adriano, que chutou sem direção. Na sequência, Leo Gamalho tentou para o Coxa da entrada da área e a bola bateu em dois cruzeirenses, dificultando muito o trabalho de Fábio, que se esticou todo para fazer grande defesa.
Du Caneppele/O Fotográfico/Estadão Conteúdo
O volante Adriano comemora o segundo dos três gols marcados 
pelos cruzeirenses na noite de ontem em Curitiba

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade