Publicidade

Estado de Minas CRUZEIRO

Cruzeiro desafia vantagem do América na semifinal e tenta repetir 2004

Clássico pelo Campeonato Mineiro está marcado para as 16h deste domingo


30/04/2021 08:01 - atualizado 30/04/2021 08:04

Jussiê e Alex marcaram duas vezes cada na goleada do Cruzeiro sobre o América no jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro de 2004(foto: Arquivo EM)
Jussiê e Alex marcaram duas vezes cada na goleada do Cruzeiro sobre o América no jogo de volta da semifinal do Campeonato Mineiro de 2004 (foto: Arquivo EM)
O Cruzeiro entra no Mineirão neste domingo, às 16h, com objetivo de reverter a vantagem do América na semifinal do Campeonato Mineiro. Como tem melhor campanha na primeira fase, o Coelho jogará por dois empates nos duelos de ida e volta ou uma vitória e uma derrota pela mesma diferença de gols.

Para aumentar o otimismo na Toca, a história guarda boas lembranças. Neste século, o Cruzeiro só chegou às semifinais em desvantagem em uma oportunidade. Foi em 2004, quando enfrentou justamente o América. 

Naquela oportunidade, a Raposa somou 26 pontos na primeira fase - um a menos que o Coelho, que terminou como vice-líder. O Atlético fez a melhor campanha (28), enquanto a Caldense, 4ª colocada com 22, ficou com a última vaga para a semifinal.

No primeiro duelo decisivo, o Cruzeiro venceu o América por 2 a 1, com gols de Alex e Guilherme. Na volta, o time então comandado por Paulo César Gusmão comprovou a superioridade ao golear por 4 a 1. Alex e Jussiê marcaram duas vezes cada. As duas partidas foram no Mineirão, palco do confronto deste domingo.

O placar deu ainda mais ânimo ao Cruzeiro para acumular mais um troféu do Estadual. Na grande decisão, a equipe iniciou a série vencendo o Atlético por 3 a 1, novamente com gols de Alex (1) e Jussiê (2). A derrota por 1 a 0 no jogo de volta, com mando do Galo, não impediu o 31º título mineiro do clube celeste.

Nova realidade

Na semifinal deste ano, no entanto, o Cruzeiro encontra cenário bem diferente do de 2004, quando havia levantado troféus de Campeonato Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro no ano anterior. Desta vez, o América, que disputa a Série A do Campeonato Brasileiro, é o favorito para avançar no Estadual.

Com trabalho mais consolidado sob o comando de Lisca, o Coelho encontrará o Cruzeiro ainda em processo de reconstrução. Embora mais competitivo com o técnico Felipe Conceição, o time celeste não tem nem de perto os investimentos de 2004 e precisará de muita aplicação tática para repetir a história daquela temporada.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade