Publicidade

Estado de Minas FUTEBOL MINEIRO

Galo joga contra o Boa pela liderança definitiva do Campeonato Mineiro

Em busca de reabilitação e da retomada do bom futebol rumo à Libertadores, Atlético precisa vencer o Boa no Mineirão para garantir primeiro lugar geral


18/04/2021 11:08 - atualizado 18/04/2021 11:14

Com perspectiva de Cuca poupar parte dos titulares, o atacante Marrony pode ganhar mais uma chance de começar jogando(foto: Pedro Souza/Atlético %u2013 12/2/21)
Com perspectiva de Cuca poupar parte dos titulares, o atacante Marrony pode ganhar mais uma chance de começar jogando (foto: Pedro Souza/Atlético %u2013 12/2/21)


Muito perto de garantir a melhor campanha da fase de classificação do Campeonato Mineiro, o Atlético busca a reabilitação diante do ameaçado Boa, hoje, às 16h, no Mineirão, pela 10ª rodada. O Galo vem de derrota por 1 a 0 no clássico com o Cruzeiro e precisa reencontrar o bom futebol para chegar com a crista alta na estreia da Copa Libertadores, quarta-feira, contra o Deportivo La Guaira-VEN, em Caracas.


Se vencer, o time alvinegro rebaixa o adversário ao Módulo II e assegura com uma rodada de antecedência o primeiro lugar geral, o que lhe dará vantagens até a decisão, caso chegue lá. Com isso, poderia poupar atletas na última rodada, na qual enfrenta o Athletic, sábado, em Sete Lagoas – o jogo foi transferido de São João del-Rei por falta de condições do estádio –, pensando no compromisso seguinte na competição continental, contra o América de Cali-COL, dia 27, no Gigante da Pampulha.


“A Libertadores é um campeonato importante, que todo jogador quer jogar, ainda mais aqui no Atlético, que já foi campeão justamente com o nosso atual treinador. Mas antes tem jogo importante contra o Boa, no qual queremos consolidar o primeiro lugar. O importante é que o clube vem dando todas as condições para a gente ir bem para esse jogo lá na Venezuela, que será desgastante, até pelo deslocamento. Então, vamos primeiro tentar fazer boa partida contra o Boa, para depois fazer uma boa viagem, concentrados, para estrear com o pé direito na Libertadores”, afirma o goleiro Éverson.


A partir de hoje, o Galo terá uma sequência pesada de confrontos, tanto pela Libertadores quanto pelo Mineiro, cujos mata-matas começam em maio. Além disso, em maio entra na disputa da Copa do Brasil.


Assim, tudo que poderia ter sido feito foi feito, segundo o camisa 1. “Foi uma semana importante de trabalho, ainda mais que depois sabemos que não teremos mais tantos dias livres. Mas é bom ter o calendário cheio, pois nos dá possibilidade de buscar muitas conquistas. Aproveitamos para trabalhar, consertar alguns erros e ficar prontos para fazer uma boa temporada.”

As opções de Cuca

Everson parece ter vaga garantida no duelo de hoje, mas o mesmo não ocorre com jogadores de linha. O técnico Cuca vem sendo abastecido de informações pelos preparadores físicos e fisiologistas e pode deixar alguns descansando, pensando no compromisso de quarta-feira.
O certo é que quem entrar promete dar o máximo para que o Atlético assegure o primeiro lugar. Lembrando que o time considerado alternativo conseguiu 100% de aproveitamento nas cinco primeiras rodadas do Mineiro.


Assim, Mariano pode assumir a lateral-direita no lugar de Guga. Na zaga, uma mudança é garantida, pois Igor Rabello está suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo. A dúvida é se Junior Alonso será poupado para estar 100% na quarta-feira, o mesmo valendo para o lateral-esquerdo Guilherme Arana.


No meio, com Jair machucado, Allan é outro que pode ser preservado. Também podem ficar de fora Savarino, Eduardo Vargas e Keno, entrando Hyoran, Eduardo Sasha e Marrony.
Hulk, expulso no clássico, cumpre suspensão. Já Diego Tardelli ainda trabalha a parte física depois de se recuperar de problema muscular.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade