Publicidade

Estado de Minas CAMPEONATO MINEIRO

Reformulado, Cruzeiro terá laboratório para a Série B

Equipe celeste estreia no fim de semana e quer deixar para trás a campanha fraca de 2020 em busca do título estadual


26/02/2021 13:02 - atualizado 26/02/2021 14:24

Com sete reforços, time de Felipe Conceição fez jogo treino contra o Bolívar na preparação para a temporada (foto: Bruno Haddad/Cruzeiro %u2013 20/2/21 )
Com sete reforços, time de Felipe Conceição fez jogo treino contra o Bolívar na preparação para a temporada (foto: Bruno Haddad/Cruzeiro %u2013 20/2/21 )

Com sete reforços e nova filosofia de trabalho, sob comando do técnico Felipe Conceição, o Cruzeiro inicia a temporada com todas as atenções voltadas para a Série B do Campeonato Brasileiro. Dessa forma, a equipe celeste utilizará o Campeonato Mineiro como laboratório para observar as contratações, o funcionamento da equipe, e realizar possíveis ajustes de rota.
“Para este Estadual, a gente está preparado, com o elenco equilibrado. Temos uma mescla grande de atletas jovens, experientes que já estavam dentro do grupo, atletas que estão chegando – jovens ou mais maduros (...) Esse processo do Mineiro vai nos mostrar se a gente continua dando sequência a esse grupo ou se vai precisar de algum reforço para a competição principal do ano, que é a Série B do Campeonato Brasileiro”, projetou Felipe Conceição.
 
A estreia do Cruzeiro no Campeonato Mineiro está marcada para amanhã, às 16h30, diante do Uberlândia, no Parque do Sabiá, na Zona da Mata. A tendência é que o torcedor já consiga observar, ainda que no início de trabalho, uma equipe completamente diferente da que se despediu de forma melancólica da temporada 2020, sem o tão sonhado acesso à Série A.
 
Contratado em virtude da filosofia de jogo mais agressiva, Felipe Conceição tem ressaltado que espera de seus comandados uma postura mais propositiva de jogo, de busca pelo gol durante toda a partida. A Raposa deverá ter, desde a estreia, um tripé de meio-campo formado por três reforços, todos avaliados internamente como jogadores técnicos. São eles os volantes Matheus Neris e Matheus Barbosa, e o meia Marcinho.
A Raposa ainda se reforçou com o zagueiro Eduardo Brock – anunciado na tarde de ontem –, o lateral-esquerdo Alan Ruschel, além dos atacantes Bruno José e Felipe Augusto. Gui Mendes e Zé Eduardo, que atuam no setor ofensivo, e o volante Nonoca, ex-Boa Esporte, foram reintegrados ao elenco principal.
 
Para ter todos os reforços à disposição amanhã, o Cruzeiro ainda depende dos registros no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Nessa quinta, o clube pagou uma dívida de cerca de R$ 2,4 milhões com o PSTC, do Paraná, para cancelar o ‘transfer ban’, que impedia os mineiros de regularizar novos atletas.

Sem dar vexame

Se em 2020 o Cruzeiro não conseguiu sequer se classificar às quartas de final do Mineiro, terminando o campeonato na 5ª colocação, nesta temporada o clube tem como meta não repetir o vexame. Ainda que tenha consciência das dificuldades que encontrará na luta pelo título, já que Atlético e América são, hoje, clubes mais estruturados, a Raposa precisa voltar a mostrar alguma força em âmbito estadual.
 
“Vamos começar o trabalho com a equipe formatada. Naturalmente, ao longo da temporada, podem surgir oportunidades e outros acontecimentos de saída, mas a gente começa o trabalho com novo treinador e 14 dias de preparação para formatar as ideias e implementar essa filosofia que a gente deseja. Nossa ideia é participar do Mineiro com essa base montada e a equipe em formação para que a gente tenha uma temporada mais sólida”, projetou o diretor de futebol do Cruzeiro, André Mazzuco.

  • Nome completo:  Cruzeiro Esporte Clube
  • Fundação:  2 de janeiro de 1921
  • Posição no último Mineiro:  5º colocado
  • Presidente:  Sérgio Santos Rodrigues
  • Técnico: Felipe Conceição
  • Principais contratações: Alan Ruschel e Marcinho
  • Time-base: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Alan Ruschel; Matheus Neris, Matheus Barbosa e Marcinho; Felipe Augusto, William Pottker e Rafael Sobis
  • Goleiros: Fábio, Lucas França, Vitor Eudes e Vinícius
  • Zagueiros:  Manoel, Ramon, Paulo, Leo e Eduardo Brock
  • Lateral-direito:  Raúl Cáceres
  • Laterais-esquerdos:  Alan Ruschel e Matheus Pereira
  • Meio-campistas: Adriano, Matheus Neris, Matheus Barbosa, Jadson, Nonoca, Henrique, Claudinho, Marco Antônio e Marcinho
  • Atacantes:  Bruno José, Rafael Sobis, William Pottker, Marcelo Moreno, Felipe Augusto, Zé Eduardo, Thiago, Stênio, Gui Mendes, Welinton e Airton


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade