Publicidade

Estado de Minas SÉRIE B

Amadurecendo a volta

Após primeiro treino com o grupo no retorno ao Cruzeiro, Marquinhos Gabriel pede mais tempo para se recondicionar. Aproveitamento contra o CSA fica praticamente descartado


15/09/2020 04:00 - atualizado 15/09/2020 10:56

Concorrência para Marquinhos Gabriel será dura na ofensiva celeste: Ney Franco tem mais sete jogadores para a função(foto: JUAREZ RODRIGUES/EM/D.A PRESS %u2013 2/10/19)
Concorrência para Marquinhos Gabriel será dura na ofensiva celeste: Ney Franco tem mais sete jogadores para a função (foto: JUAREZ RODRIGUES/EM/D.A PRESS %u2013 2/10/19)


Reintegrado ao Cruzeiro depois de rescindir contrato de empréstimo com o Athletico, o meia-atacante Marquinhos Gabriel, de 30 anos, já voltou ontem aos treinos, mas disse que precisará de uma fase de recondicionamento para poder reestrear. Seu último duelo com a camisa do Furacão foi em 22 de agosto, contra o Fluminense, pela Série A do Brasileirão.

Diante do pedido de tempo feito pelo jogador, é pouco provável que ele seja relacionado para o próximo compromisso do Cruzeiro, sábado, diante do CSA, pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, em Maceió.

Ele será aproveitado pelo técnico Ney Franco na sequência da temporada. Porém, encontrará concorrência no elenco celeste. Disputará vaga com Régis, Maurício, Claudinho, Marco Antônio, Arthur Caíke, Airton e Rafael Luiz.

Em entrevista aos canais oficiais do clube, Marquinhos disse que está motivado com o retorno a Belo Horizonte, mas pediu mais prazo para se recondicionar. “Estou muito motivado por voltar para ajudar o clube a subir para a Primeira Divisão, que é o grande objetivo. Fiquei algumas semanas sem treinar, então acho que preciso de alguns treinamentos para poder ajudar nos jogos, mas assim que estiver pronto vou dar sempre meu máximo para ajudar a instituição a seguir o caminho dela, que é voltar para a Primeira Divisão”, projetou.

Pelo Athletico, Marquinhos disputou 20 jogos em 2020. Ele marcou três gols e contribuiu com duas assistências. Já com a camisa cruzeirense, o meia-atacante tem 52 partidas e quatro gols (todos no Campeonato Mineiro). Ele foi responsável por sete assistências entre janeiro e dezembro de 2019.

CONTUNDIDO 

Exames do lateral-direito titular do Cruzeiro, Raúl Cáceres, apontaram lesão de grau 1 no ligamento colateral medial do joelho direito. O paraguaio havia deixado o jogo contra o Vitória, na sexta-feira, sentindo forte dor.

Com o desfalque – cuja data para a volta não foi estipulada pelo departamento médico – Ney Franco deverá promover a estreia de Rafael. Ele substituiu o paraguaio no triunfo por 1 a 0 sobre a equipe baiana. Recém-contratado ao Sport, o jovem jogador, de apenas 19 anos, foi bem nos 60 minutos em que esteve em campo. Outra opção para o setor é o também recém-contratado Daniel Guedes. Há chance de que ele seja relacionado pela primeira vez.]


enquanto isso...
..Reforço, mas na análise
 
O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, disse que a área de análise de desempenho está sobrecarregada e precisa ser reforçada. Segundo o site do clube, são três profissionais nesse setor: o analista de desempenho, André Batista, e os analistas de mercado, Antônio Almeida e Brunno Noce. De forma simplificada, a função do grupo é avaliar e quantificar numericamente o desempenho de cada jogador celeste e dos nomes pretendidos pelo clube no mercado. Nos últimos meses, houve questionamento de parte da torcida com relação à participação dos analistas em contratações equivocadas, como os laterais Giovanni e João Lucas e os atacantes Roberson e Jhonata Robert, entre outros. O dirigente explicou que os analistas repassam as análises, mas quem decide é o Departamento de Futebol.  “Como eles subsidiam a gente, o departamento precisa de mais pessoas para desenvolver o trabalho cada vez melhor, porque as pessoas lá estão sobrecarregadas", afirmou.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade